Netflix anuncia renovação de Emily em Paris para segunda temporada

Emily in Paris: Reprodução

Emily em Paris é atualmente uma das séries de maior destaque do catálogo da Netflix. Apesar do serviço de streaming ser conhecido por cancelar diversas série precocemente, e a pandemia de coronavírus agravando a situação causando diversos atrasos nas gravações, alguns programas estão sendo salvos, como é o caso de Emily em Paris. Nesta quarta-feira (11), a Netflix anunciou que a comédia dramática foi renovada para a segunda temporada.

Lançada no início de outubro deste ano, Emily em Paris segue a história de uma jovem que conseguiu uma oportunidade de trabalho em uma empresa de marketing em Paris. Com pouco conhecimento do novo mundo que ela está entrando, a jovem deve lidar com diversas adversidade principalmente em relação ao seu novo emprego.

Recepção da crítica

A primeira temporada de Emily em Paris conquistou a nota 7,2 / 10 no IMDb. No Rotten Tomatoes, o seriado estrelado por Lily Collins alcançou 64% de aprovação da crítica e 61% de aprovação do público. Veja abaixo alguns comentários:

“É a diversão de Star com clichês que torna este show viciante, agora que todos nós fomos programados para nunca fazer piadas sobre … bem, praticamente qualquer coisa” – Adam Sweeting, The Arts Desk.

“Agora sei por que assisti tanto a este programa e voltarei nos últimos quatro episódios – ele obliterou a atual dura realidade de nossa existência de forma tão completa que tive uma boa noite de sono – Diane Pershing, Malibu Times.

“Tecnicamente, Emily em Paris é bem-feito, mas as deficiências do show – de sua representação simplista da cultura francesa ao seu protagonista fino como papel – o tornam mais uma irritação do que uma indulgência” – Roxana Hadadi, RogerEbert.com.

“Emily in Paris é uma confecção, uma série tão charmosa e fantasiosa que se torna imune ao esnobismo e ao cinismo” – Shirley Li, The Atlantic.

“Os Romcoms são, é claro, fantasias, mas seu charme é que eles também falam sobre as pessoas. Infelizmente, Emily em Paris trata apenas de marcas” – Emily Bootle, New Statesman.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›