Lucifer perde o trono de programa mais assistido da Netflix

Lucifer (Tom Ellis) em Lucifer (Reprodução)
Lucifer (Tom Ellis) em Lucifer (Reprodução)

Lucifer ficou por muito tempo no topo da lista dos mais assistidos do Netflix, ele acabou perdendo o posto para uma nova série que estreou recentemente.

A nova adaptação da DC Comics, Sweet Tooth agora é o programa nº1 da Netlfix, derrubando Lúcifer, que estava em 1º lugar desde a 5ª temporada, parte 2, lançada em 28 de maio.

Coincidentemente, Lucifer também é baseado em uma versão da DC Comics do Senhor do Inferno, tirado da série Sandman de Neil Gaiman.

Sweet Tooth se passa em um futuro distópico, onde um vírus deixou o mundo devastado.

Ao mesmo tempo, começaram a nascer bebês híbridos (parte humanos, parte animais) inexplicavelmente. A humanidade teme esmagadoramente os híbridos e eles são caçados.

A história começa com Gus (Christian Convery), um menino parte cervo / parte humano que vive recluso na floresta há uma década.

Gus conhece um viajante errante, Jepperd (Nonso Anozie), e os dois se unem em uma jornada para obter respostas sobre as vidas de ambos.

Sweet Tooth (Divulgação / Netflix)
Sweet Tooth (Divulgação / Netflix)

Anteriormente em Lucifer foi revelado que o protagonista tem um irmão gêmeo, Michael, que está decidido a causar caos e semear discórdia entre seus irmãos.

Depois de muitas lutas internas entre Lucifer (Tom Ellis), Michael (Tom Ellis), Amenadiel (DB Woodside) e até Maze (Lesley-Ann Brandt), o pai dos irmãos, Deus (Dennis Haysbert), aparece para tentar acalmar a situação.

Foi aqui que a 5ª temporada, parte 1, parou, preparando o cenário para um novo reino de questões para a família etérea.

Lucifer estreou na Fox, onde conseguiu três temporadas antes de ser cancelado.

Com o apelos dos fãs para a série ganhar um novo lar, Netflix não perdeu tempo em comprar os direitos do show, dando nova vida ao programa e entregando ao público três nova temporadas.

Recentemente, Lesley-Ann Brandt revelou que concluiu as filmagens da sexta e última temporada do programa, escrevendo no Instagram:

“Aqui estamos, no final de nossa jornada você e eu. Rimos e choramos, amamos e perdemos e agora dizemos adeus, você e eu”.

Brandt também elogiou “a família Lucifer“, que “cresceu ao longo dos anos [e] se estende além do grupo WB“. Ela ainda disse:

“Inclui nossa equipe de Vancouver das [temporadas] 1 [e] 2. Refletindo sobre as muitas faces, seja LA ou Vancouver, o que resta é que fomos cercados [e] apoiados por alguns de os indivíduos mais trabalhadores e talentosos em nosso negócio, que estiveram nesta montanha-russa louca de cancelamentos, uma base de fãs formidável e renovações”.

Fonte: PopCulture

Formado em Administração e Psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogames, animações, filmes e séries de super heróis e monstros. Atualmente dedica-se a redação do portal ePipoca.

Veja mais ›