Love, Victor: Atriz não foi avisada que viveria romance lésbico

A atriz ainda falou sobre descobrir que sua personagem teria uma arco queer e como foi as emoções de interpretar Lucy.

publicidade

Lucy, vivida por Ava Capri, foi uma das novas adições ao elenco de Love, Victor e fez sua estreia no final da segunda temporada, tendo um destaque maior na terceira e última temporada.

Em uma entrevista para o site Screen Rant, Capri falou sobre como descobriu que sua personagem teria um arco queer.

publicidade

“Não me disseram explicitamente que minha personagem acabaria tendo um arco queer quando fui chamada para o papel, e quando isso me foi revelado mais tarde, fiquei muito empolgada. Estou realmente honrada em fazer parte disso”.

Em seguida atriz compartilhou a respeito do arco de sua personagem e a dinâmica entre Lake (Bebe Wood) e Lucy.

“Deixamos a segunda temporada com esse momento inesperado de conexão entre as garotas, e acho que a resposta do público a esse pequeno momento de nossa química foi enorme. Tem sido incrível, pensei: ‘Será que elas vão mesmo conseguir? Isso é muito ambíguo?’ Mas sinto que todos entenderam imediatamente, [o que é] uma prova da conexão entre Bebe e eu. Nós basicamente começamos naquela mesma noite, e temos essa imagem interna muito bonita e orgânica do que acontece a seguir; o que elas fazem daquela noite e ter essa conexão entre elas. E então isso meio que leva a uma bela história. Estou animada para as pessoas verem isso”.

Mia (Rachel Hilson), Andrew (Mason Gooding), Lucy (Ava Capri), e Lake (Bebe Wood) em Love, Victor (Reprodução / Hulu)

Roda gigante de emoções

publicidade

Capri ainda descreveu o arco de Lucy como estar em uma “roda gigante de emoções” e que estava “obcecada com isso. Ela acrescentou:

“Basicamente, o arco de Lucy começa a namorar Andrew, e então ela percebe: ‘Isso é algo que está funcionando para mim? Isso é algo que eu realmente quero? Eu realmente quero isso?’ E então para ter aquele momento inesperado entre ela e Lake. Eu acho muito legal, pois podemos ver Lake e Lucy nessa jornada de descoberta juntas ao mesmo tempo. Eu acho que é uma história muito bonita que pode ser contada, e eu acho muito legal. Lucy faz suas próprias coisas, e é o tipo de garota que segue seu coração, e ela é totalmente alguém que eu acho legal”.

publicidade

Love, Victor conta a história de Victor que se assume homossexual e navega pelas incertezas do primeiro amor. Seus amigos também passam por diversas descobertas e dramas.

A série pode ser assistida no Brasil pelo Star+.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›