Levantamento feito pela Betway mostra que prêmio do BBB 22 não acompanha inflação e deveria ser o dobro

publicidade

O Big Brother Brasil 22 já pode ser considerado um sucesso de audiência, mesmo com algumas críticas quanto aos participantes dessa edição. A disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão chama a atenção do público, sobretudo em dias de eliminação. Entretanto, algumas pessoas estão questionando o valor oferecido ao vencedor do programa, algo que não muda desde 2010. A premiação não acompanha as mudanças econômicas do país, e não foi corrigida pela inflação. Se isso acontecesse, o último a deixar a casa receberia mais que o dobro na conta.

Fonte: Unsplash
publicidade

Apesar de R$ 1,5 milhão ainda ser uma grande premiação, o maior questionamento é a falta de mudanças nesses últimos 12 anos. Na primeira edição do BBB, em 2000, o prêmio era de apenas R$ 500 mil, um valor atualizado por algum período até chegar ao atual no BBB 10. A Rede Globo decidiu parar com as alterações no montante final, e isso fez com que o valor tivesse um poder de compra cada vez menor, afinal não acompanhava a inflação do país.

Um levantamento feito pelo site de apostas no BBB da Betway calculou o real valor do prêmio, caso a Globo continuasse a mudar conforme a economia do Brasil. O vencedor da 22ª edição deveria receber cerca de R$ 3 milhões, mais que o dobro da premiação atual. Isso mostra que o prêmio está desatualizado, o que não deve mudar tão cedo, pois esse valor deixou de ser o fator mais importante do programa.

Nos últimos anos, os participantes do reality show conseguiram acordos publicitários, logo após a participação, que valem mais do que o prêmio final. A campeã do BBB 21, a advogada Juliette, por exemplo, cobra atualmente cerca de R$ 400 mil por postagem nas redes sociais e consegue em apenas algumas semanas ganhar mais do que o prêmio que levou na edição. Ou seja, mesmo desatualizado, o valor dado pela Globo acaba sendo apenas simbólico.

Mudanças durante os anos

Entretanto, é inegável que a falta de mudança no valor acaba chamando atenção, afinal é o mesmo montante oferecido de 2010. A economia brasileira passou por grandes mudanças, e os ajustes deveriam acontecer. Na reportagem do blog da Betway, a equipe realizou uma simulação para saber qual edição teve o maior poder de compra com o prêmio do BBB. Quando a premiação era de R$ 500 mil, a vencedora de 2004, a babá Cida, foi a mais sortuda, pois foi quem teve o valor mais próximo do real corrigido pela inflação.

publicidade

Se olharmos para as edições em que o valor era de R$ 1 milhão, a edição de 2007, vencida pelo administrador Diego, foi quem mais teve poder de compra real. Isso mostra que as edições mais recentes foram as que pagaram valores piores, e isso deve continuar assim pelos próximos anos. O BBB agora oferece a oportunidade para várias celebridades, que não costumam precisar da premiação. Ou seja, isso reduz ainda mais a necessidade de atualizar o R$ 1,5 milhão. Isso pode mudar se a dinâmica das próximas edições também se alterar.

Porém, isso é algo difícil de acontecer. Durante a eliminação da Jade Picon do BBB 22, por exemplo, o programa bateu recorde de audiência na TV. Isso mostra que uma celebridade, mesmo que seja da internet, tem um grande poder para fazer o programa conseguir bons números de audiência. A fórmula que começou em 2019 deu certo, e deve ser mantida.

As premiações de outros programas

publicidade

Os reality shows estão em alta no Brasil, e não faltam programas desse estilo na TV. Um dos maiores exemplos é A Fazenda, da TV Record. Uma curiosidade interessante é que o programa rival do BBB tem a mesma premiação: R$ 1,5 milhão. Ou seja, apesar das dinâmicas diferentes, o prêmio para o vencedor é o mesmo. Nenhum outro reality paga mais que isso por aqui.

Isso mostra que os programas encontraram um montante equilibrado, mesmo que ele tenha perdido o poder de compra durante todos esses anos. O levantamento da Betway mostra que R$ 3 milhões seria um valor mais correto, porém a ideia do programa é mostrar que o prêmio final é apenas um detalhe da participação.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›