Lee Swift comenta sobre seu sucesso inesperado em The Circle

publicidade

A vencedora, Deleesa, não foi o único catfish a conquistar fãs na 2ª temporada de The Circle EUA, Lee Swift, mais conhecido como River, cativou milhares de pessoas com suas intenções puras, natureza leal e humor bobo. Em uma entrevista ao site Decider ele falou sobre seu sucesso inesperado no programa.

Ao ser indagado como está sendo para ele, um escritor de 58 anos, ter se tornado a grande sensação da temporada, Lee se disse lisonjeado e afirmou que tem sido surreal.

“Bem, obrigado! Eu sinto que estou explodindo de qualquer maneira. Mas sim, não, tem sido incrível. Você não pode antecipar isso. Eu pensei, sim, é um grande show, blá, blá, blá. Mas eu realmente não sabia que seria como beber de uma mangueira de incêndio, e é assim que me sinto!” ele disse.

publicidade

Ele também destacou que não pensou em usar um personagem feminino para seu catfish, por achar que não conseguiria fazer dar certo, como conseguiu com River.

“Acho que Deleesa foi brilhante nisso. Eu acho que seria horrível nisso, interpretando outro gênero. Eu não era muito bom na diferença de idade. Eu tive toda essa história de como River veio de uma família religiosa porque eu estava tentando suavizar que ele não conhecia a cultura pop. Mas não tive muitas oportunidades de divulgar isso e nada disso foi ao ar, mas esse era o meu plano de jogo. Acho que outro gênero é muito difícil. Você tem que ser muito bom para fazer isso”, ele salientou.

Quando questionado sobre sua participação no programa ter se tornado uma grande e diferenciada representatividade para gays de todas as idades, ele admitiu que um de seus objetivos era esse.

“Honestamente, isso estava no fundo da minha mente. Mas quando eu estava entrando no Círculo – porque sou um fã da realidade, pensei que normalmente fosse um gay, talvez dois. Talvez, mas realmente improvável. E é por isso que eu tinha a bandeira do Orgulho do Progresso, pendurada no meu apartamento. Ainda há muito trabalho a ser feito, especialmente para a comunidade trans, então eu queria representar isso e falar sobre como o ativismo é importante para mim. Mas quando Courtney apareceu imediatamente, eu fiquei tipo uau! E então Bryant teve o coração de arco-íris como um aliado, e eu disse: Isso é incrível! Eu estava simplesmente maravilhado e emocionado”, ele declarou.

publicidade
Perfil de Lance Bass (Lisa) em The Circle EUA (Reprodução)

Quanto ao jogo de outra ousada participante, Lisa, que utilizou o ícone gay Lance Bass como seu catfish, Swift admitiu que adora o cantor, por isso não caiu no jogo de Lisa e que sonha em conhecê-lo.

publicidade

“Não cai, mas adoraria conhecê-lo. Eu o acho incrível. Na verdade, gosto de mais de sua música. Eu levava meu marido Stephen para a estação ferroviária porque ele é um banqueiro, completamente oposto a mim. Você provavelmente poderia dizer isso pelo vídeo de casa. Você sabe, sem eu te amo, sem choro, apenas: ganhe esse dinheiro. Mas eu o levava para a estação de trem para trabalhar e nós ouvíamos o programa de Lance no Sirius with Giggles Turkey e seu marido Michael, e nós simplesmente nos apaixonamos por ele então. Eu acho que eles fazem coisas da cultura pop realmente divertidas e eles fizeram coisas um pouco sérias. Eu só acho que Lance é um talento incrível e tem uma grande mensagem. Então, estou animado para conhecê-lo. Ele pode estar tipo: Oh, vou me esconder, aí vem aquele cara maluco”, ele revelou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›