Kevin Spacey é demitido de filme após novo escândalo sexual

O ator também está estrelando o thriller Peter Five Eight

publicidade

Kevin Spacey não fará mais parte da produção de 1242: Gateway to the West, de Genghis Khan, depois do escândalo de agressão sexual em que foi acusado no Reino Unido.

De acordo com o site da revista Variety, o ator de 62 anos seria estrela do drama histórico que foi comprado no mercado de filmes de Cannes.

publicidade

Spacey recebeu diversas denúncias de assédio sexual, que estão sendo investigadas. As negociações estão sendo analisadas pela justiça e o ator seguirá afastado do projeto, segundo o produtor, Bill Chamberlain.

1242: Gateway to the West conta a história de um um homem santo – que seria interpretado pelo ator – de um castelo húngaro que tenta impedir que um dos exércitos de Genghis Khan invada a Europa.

O filme conta com a direção de Péter Soós, com apoio da National Film Institute Hungria, Foresight Media e LipSync, e tem um orçamento estimado de US$ 10 milhões a US$ 25 milhões.

As gravações estão previstas para iniciar em outubro deste ano, ainda sem data para estreia, 1242: Gateway to the West  contará com os atores Eric Roberts e Christopher Lambert.

publicidade

Quando o exército do Reino da Hungria foi aniquilado pelos mongóis na batalha de Mohi, apenas o castelo de Esztergom estava em seu caminho para invadir a Europa. Batu, neto de Genghis Khan, chega às muralhas de Esztergom com seu exército invencível. Os defensores do castelo liderados por Eusébio, o cônego de Esztergom, e um mercenário espanhol, o capitão Simon, estão se preparando para a batalha final. A chegada do legado papal, Cardeal Cesareani, a celebração do Ano Novo Lunar mongol e a aproximação mística de Eusébio, oferecem aos defensores um pequeno vislumbre de esperança.

Kevin Spacey (Divulgação / Netflix)

Spacey foi inocente de cinco acusações recebidas

publicidade

Na última quinta-feira (14) ator foi inocentado, em Londres, das cinco acusações de assédio que recebeu. O julgamento irá ocorrer em junho de 2023, com a duração prevista de até quatro semanas.

O ator também está estrelando o thriller Peter Five Eight e os produtores do projeto defenderam Kevin por meio de um comunicado:

“Existem aqueles que desejam que ele não aja, mas eles são superados em número pelos fãs em todo o mundo que esperam um artista que eles apreciam há décadas retornando às telas. A produção não tem conhecimento ou comentário sobre as várias alegações de turbilhão, e acredita que é uma questão para os tribunais determinarem a validade, se existirem. Peter Five Eight é um filme para fãs que se importam mais com a arte do que com o escândalo.”

publicidade

Algumas das acusações contra o astro de House of Cards ocorreram na época que ele trabalhava no teatro Old Vic, em Londres, como diretor artístico de 2004 a 2015.

Na ocasião, segundo a BBC, cerca de 20 vítimas alegaram que ele se comportou de forma inadequada com elas.

Kevin Spacey em A Vida de David Gale (Reprodução)

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›