Chefão da Marvel revela que jamais conseguiria contar a história de Wandavision nos cinemas; saiba o motivo

Kevin Feige (Divulgação)
Kevin Feige (Divulgação)

Kevin Feige recentemente deu uma entrevista para a revista Emmys onde falou mais sobre WandaVision, a primeira série da Marvel baseada no MCU.

Feige falou sobre como a experiência do seriado não poderia ser adaptado ao cinema, assim com o futuro do MCU e como os streamings serão fundamentais para a Marvel (via Legião dos Heróis).

O streaming é 100 por cento o futuro e onde os consumidores querem assistir as coisas. E, com sorte, eles podem querer assistir nosso produto de narrativa longa”, começou Kevin Feige.

Uma experiência como WandaVision é algo que você não pode obter com um filme. Você vai ao cinema para coisas que não são adequadas para o streaming e vai para o streaming para coisas você não pode fazer funcionar nas salas. E, claro, tudo do cinema acaba indo parar no streaming eventualmente“, acrescentou.

O chefão da Marvel ainda falou como a séries do Disney+ estão ajudado a explorar atores e personagens de um forma que não poderia em filmes.

Elizabeth Olsen e Paul Bettany são esses atores incríveis – que fizeram coisas incríveis em quatro filmes – mas nunca tiveram a chance de dominar a narrativa porque havia muitas outras coisas acontecendo. Foi divertido finalmente dar a eles uma plataforma para mostrar seu talento surpreendente“.

Multiverso

Na mesma entrevista, a co-produtora executiva de WandaVision, Mary Livanos, falou sobre a série levantar questões de realidades alternativas no MCU.

“O show é complicado, porque estamos incorporando as regras do MCU e nos restringindo a sitcoms familiares suburbanos – mas nem todos os episódios são estruturalmente semelhantes”, disse Livanos.

Ela acrescentou: “O que é divertido nisso é que leva o público a fazer perguntas sobre quando isso acontece ou se é um experimento social e se é uma realidade alternativa e um desvendar do mistério. Estamos empolgados porque a plataforma Disney+ nos permite o espaço criativo para brincar”.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›