Atriz relembra personagem de X-Men e explica qual seu maior desafio no filme

Kelly Hu como Lady Letal em X-Men 2 (Reprodução / Fox)
Kelly Hu como Lady Letal em X-Men 2 (Reprodução / Fox)

O filme X-Men 2, de 2003, nos apresentou Lady Letal, interpretada por Kelly Hu. A personagem se mantinha em silêncio o tempo todo e era comanda pelo Coronel William Stryker.

Em uma entrevista para o CBR, Kelly Hu falou sobre os desafios de interpretar a sua personagem no filme dirigido por Bryan Singer. Ela, que é dubladora, está acostumada a usar apenas a voz para contar as histórias de suas personagens, e no filme, precisou fazer algo completamente oposto.

É engraçado que você mencionou a Lady Letal e como ela quase não teve nenhum diálogo até ser a Mística. É completamente diferente dos papéis que faço como dubladora porque lá ela simplesmente não falava nada”.

Mas se engana quem acredita que ela se incomodou com isso, pelo contrário. A atriz considerou que contar uma história apenas usando seu corpo, foi um desafio para seu trabalho de construção.

“Foi um grande desafio ser capaz de construir esse personagem e fazer com que ele ganhasse vida apenas fisicamente, não sendo capaz de usar nenhum tipo de fala para contar sua história; foi tudo puramente físico“.

Ela comparou seu trabalho em X-Men a outros de sua carreira.

Quando eu faço trabalhos de locução e interpreto esses personagens, é tudo voz, você não consegue fazer nada de fisicalidade. Fazer X-Men e esses projetos atuais são como dois extremos opostos do espectro de atuação, ambos muito desafiadores, mas muito legais; são excelentes exercícios de atuação“.

Kelly Hu emprestou sua voz para Adira na série da Disney As Enroladas Aventuras de Rapunzel. Neste ano ela dublará Lady Shiva na animação da DC Batman: Soul of the Dragon.

Recepção da crítica

Leia abaixo que os críticos comentaram sobre X-Men 2.

“Um filme que parecia ótimo no teatro em 2003 e que não se sustentou graças ao progresso social e ao total desrespeito da franquia pela continuidade” – Leona Laurie, Geek Girl Authority.

“Como o primeiro filme, ele envolve tudo em cenas de ação espetaculares alimentadas por efeitos especiais que são ainda mais impressionantes porque o diretor Bryan Singer não os deixa sobrecarregar os outros elementos do filme” – Ron Weiskind, Pittsburgh Post-Gazette.

“X2: X-Men United é melhor do que seu antecessor em todos os sentidos” – Danielle Solzman, Solzy at the Movies.

“A verdade é que o filme nunca mais é tão bom quanto sua brilhante seqüência de abertura” – Alexander Walker, London Evening Standard.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS