Katheryn Winnick comenta seu novo papel em Big Sky

Katheryn Winnick em Big Sky: Divulgação

Depois de deixar Vikings, Katheryn Winnick foi brilhar na nova série de David E. Kelley, Big Sky, cuja trama se passa em Montana.

A atriz comentou em entrevista recente alguns detalhes sobre a produção e disse que ela está cheia de drama e peculiaridades.

“Na verdade, tenho uma casa em Montana no Big Sky, então estou muito familiarizada com a paisagem”, disse a atriz sobre a área, que faz fronteira com o Parque Nacional de Yellowstone.

“Originalmente, deveríamos filmar em Santa Fé, mas por causa da COVID nos mudamos para Vancouver.”

“Em termos de sensação de estar no alto da montanha e ter acesso a rios e lagos e pesca com mosquitos e passeios a cavalo – e ursos! – pode definitivamente ter a cara de Montana.”

A trama de Big Sky gira em torno de Jenny Hoyt (interpretada por Winnick), seu ex-marido, o detetive Cody Hoyt (Ryan Philllippe) e sua colega, a detetive Cassie Dewell (Kylie Bunbury).

Logo no início, Jenny descobre que Cody e Cassie estão tendo um caso, jogando sua vida – e sua amizade com Cassie – para os ares.

Enquanto isso se desenrola, duas jovens irmãs dirigindo ao longo de uma estrada remota de Montana desaparecem de repente, o último em uma série de desaparecimentos alarmantes – juntando Jenny e Cassie para procurar as jovens mulheres enquanto “Big Sky” se transforma em território inesperado.

“Definitivamente tem uma vibração misteriosa e cheio de suspense”, diz Winnick.

“Todo aquele drama e peculiaridade; você nunca sabe em que direção os personagens irão. Acho que o público ficará agradavelmente surpreso com o desenrolar de tudo”, continuou ela.
“Acabamos de filmar a cena de abertura quando Jenny entra no escritório [para confrontar Cassie e Cody]”, diz ela.

“Era importante adicionar um pouco mais de história, no sentido de que Jenny tinha um relacionamento com Cassie. Vemos um pouco mais da personalidade [de Jenny], que ela foi pega desprevenida.”

“Quando nós filmamos originalmente, saiu extremamente unilateral com Jenny entrando depois de descobrir que seu marido a traiu. Dessa forma, é ainda melhor”.

“É interessante ter duas mulheres fortes lado a lado que são completamente opostas, de muitas maneiras diferentes”, diz a atriz. “Mas o que os leva a trabalhar juntos vem do mesmo lugar, do fundo do coração.

“É importante contar a história dessas duas garotas duronas”, finalizou.