Jon Bernthal dispara sobre uso indevido do logo do Justiceiro: “pessoas equivocadas”

Jon Bernthal em O Justiceiro (Reprodução / Netflix)
Jon Bernthal em O Justiceiro (Reprodução / Netflix)

A pessoas continuam usando de forma indevida o símbolo do Justiceiro.

Desta vez, foi noticiado que alguns invasores do Capitólio nos Estados Unidos, estavam usando o símbolo do personagem da Marvel, e Jon Bernthal comentou sobre o ocorrido.

Compartilhando os pensamentos do co-criador do Justiceiro, Gerry Conway, e do escritor de quadrinhos Garth Ennis, Bernthal disse que aqueles que usam o logotipo do personagem da Marvel com uma arma “não têm nada a ver com o que Frank representa ou é” (via CB).

Um fã compartilhou o seguinte no Twitter:

“Sou um fã do Justiceiro. Não importa quantos malucos roubem seu logotipo, continuarei sendo um fã do Justiceiro. Eles não entendem o que realmente simboliza. Se o fizessem, não o usariam. E não vou deixar que tirem de mim”.

Jon Bernthall compartilhou a publicação e respondeu:

“Estou com você. Belo trabalho. Essas pessoas estão equivocadas, perdidas e com medo. Elas não têm nada a ver com o que Frank representa ou é. Grande Amor.”

Embora o uso do logotipo tenha surgido pela primeira vez em 2019, depois que policiais foram vistos usando-o em carros e uniformes, alguns dos rebeldes envolvidos no ataque de quarta-feira ao edifício do Capitólio puderam ser vistos com adesivos do Justiceiro em suas roupas.

Segundo Ennis, aqueles que tratam os personagens como ídolos são “idiotas”.

“Já disse isso algumas vezes, mas ninguém quer ser o Justiceiro. Ninguém quer cumprir três missões em uma zona de combate com a última dando errado catastroficamente, voltar para casa com a cabeça cheia de vidros quebrados, ver suas famílias serem metralhadas diante de seus olhos e, então, dedicar o resto de suas vidas para a matança fria, sombria e sem coração”.

Ele continuou:

“As pessoas que usam o logotipo neste contexto estão se enganando, assim como os policiais que o usaram no verão. O que eles realmente querem é usar um símbolo aparentemente assustador em uma camiseta, jogar seu peso em um bit, então vá para casa com a esposa e filhos e retome sua vida cotidiana. Eles não pensaram mais sobre o símbolo do Justiceiro do que os idiotas que eu vi [na quarta-feira], aqueles agitando as estrelas e listras enquanto invadiam o edifício do Capitólio”.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS