Jason Blum testa positivo para COVID-19

Jason Blum (Divulgação)

O produtor de terror Jason Blum, da Blumhouse, compartilhou em seu Twitter que testou positivo para COVID-19.

Segundo site Comic Book, parece que ele e a família tiveram sintomas muito leves, mas ainda é uma situação estressante. Ele disse aos fãs para não se preocuparem com isso e muitos estão oferecendo seu apoio.

Mudança nos negócios do entretenimento

Em uma entrevista anterior à Inverse, Jason Blum deu suas especulações sobre como o vírus mudaria o negócio do entretenimento.

“Quando isso acabar, acho que todo mundo vai seguir o acordo que a Universal fez. Acho que o futuro dos filmes lançados nos cinemas é que eles passarão nos cinemas por um período mais curto, serão muito mais deles, e então terão um período de aluguel premium de dois ou três meses, onde você está pagando US$ 20 pelo filme. Depois, vai passar para a TV paga e para a janela tradicional de aluguel, que custa quatro ou cinco dólares”, explicou

Ele também teve que tranquilizar os fãs, afirmando que Halloween Kills seria lançado no próximo ano. Era para ter chegado nos cinemas neste ano, mas isso acabou não acontecendo.

John Carpenter e o diretor David Gordon Green tiveram uma resposta para as pessoas preocupadas.

“Escrevemos isso com o coração partido pelo fato de que o atraso de nosso filme é até mesmo uma discussão, mas se há algo para o qual uma carreira na indústria do cinema nos preparou, é o inesperado. Nas últimas semanas, nossa família de filmes olhou para a previsão de exibição teatral com óbvia preocupação… Se o lançarmos em outubro deste ano como planejado, teremos que enfrentar a realidade de que o filme seria consumido em um experiência teatral comprometida. Depois de pesar nossas opções, escolhemos adiar o lançamento do filme nos cinemas por um ano”.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›