Jamie Foxx mantém mistério sobre sua participação em Homem-Aranha 3

Electro em O Espetacular Homem-Aranha 2 (Reprodução)
Electro em O Espetacular Homem-Aranha 2 (Reprodução)

As gravações do terceiro filme do Homem-Aranha já começaram e muitos rumores surgiram sobre Jamie Foxx estar no longa metragem interpretando o vilão Electro.

Foxx já interpretou o personagem em 2014, no filme O Espetacular Homem-Aranha: A Ameaça de Electro. O ator é conhecido também por seus trabalho em Redenção, Projec Power, Garotas dos [seus] sonhos, Rio, Em Ritmo de Fuga e Soul.

Em uma entrevista para o Cinema Blend, Jamie Foxx falou sobre o rumor de estar em Homem-Aranha 3 mantendo um tom de mistério.

Ele disse: “Você está absolutamente certo, eu não posso falar sobre isso. Mas se eu estiver [no filme], eu estarei muito feliz com isso”.

A Ameaça da Electro

Em O Espetacular Homem-Aranha: A Ameaça de Electro, Jamie Foxx interpretou Max Dillon um engenheiro elétrico da Oscorp fã do Homem-Aranha. Após sofrer um acidente e ganhar poderes de manipular eletricidade como deseja, Dillon assumiu o nome de Electro e começou uma busca pela atenção do seu herói favorito.

Leia abaixo os comentários sobre o longa metragem dirigido por Marc Webb:

“Com diálogos apavorantes, humor pastelão, alguma estética bizarra e momentos cafonas em abundância (toque do tema do Homem-Aranha de Peter ou Spidey batendo Electro ao som de Incy Wincy Spider), esta é a franquia Batman e Robin do Homem-Aranha” – Josh Wilding, ComicBookMovie.com.

“O Espetacular Homem-Aranha 2 não é o filme perfeito do Homem-Aranha” – Richard Propes, TheIndependentCritic.com.

“A melhor coisa que se pode dizer sobre esse fiasco é que Webb levou apenas dois filmes para atingir o mesmo ponto final exausto e exaustivo que Raimi precisou de três para atingir. É uma espécie de progresso” – Christopher Orr, The Atlantic.

“O Espetacular Homem-Aranha certamente renderá um bilhão de dólares, mas depois que você analisa – todos os 142 minutos – é muito difícil descobrir uma razão convincente de que ele precisava existir, além dos bilhões de dólares mencionados acima” – Jason Bailey, Flavorwire.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›