Islandeses vítimas de Ezra Miller quebram o silêncio

Barman e mulher contaram com mais detalhes como foi o incidente com Ezra Miller em um bar na Islândia que aconteceu em 2020.

publicidade

Em 2020 Ezra Miller foi chamou atenção dos noticiários após ser acusado de agredir um mulher em um bar da Islândia. A Variety conversou com algumas vítimas de Ezra na Islândia, que abriram o jogo sobre o que passaram com o ator na época.

Carlos Reynir, o bartender do Prikið Kaffihús, um pub localizado no centro de Reykjavík, afirmou que presenciou dois incidentes envolvendo o intérprete do Flash nos filmes do DCEU.

publicidade

Segundo Reynir, as primeiras aparições de Miller no bar eram atribuídos apenas a caprichos de uma celebridade.

“Se ele não estivesse acendendo incensos ou velas, ou mesmo trazendo seu próprio alto-falante Bluetooth e tocando super alto para dominar nossa música, sempre havia algo. Nós nos aproximávamos dele e dizíamos: ‘Ei, você se importa? Há outras pessoas aqui’. Foi de forma amigável. E então ele dizia ‘Sim, claro’ e parava, apenas para continuar um pouco depois”.

Reynir disse que a primeira ocorrência foi com um homem, onde tudo começou como uma brincadeira e acabou em agressão. O bartender relatou que após o ocorrido, Miller se desculpou e foi autorizado a continuar frequentando o bar.

Contudo, o segundo incidente, que foi contra uma mulher, foi manchete em vários lugares do mundo, inclusive com vídeo circulando mostrando o momento em que Ezra segura ela pelo pescoço.

publicidade

A mulher que foi agredida por Miller não quis se identificar, mas contou sua versão da história. Tudo começou como uma conversar sobre ela perguntando a Miller a respeito de alguns ferimentos nos pés dele

Miller explicou que eram cicatrizes de uma briga, e então disse: “Mas só para você saber, eu poderia levá-la em uma briga”. A mulher encarou a frase do ator como uma brincadeira e respondeu: “Você realmente quer lutar?” e pediu para Miller a encontrar na área de fumantes.

publicidade
Aurélio Dumbledore (Ezra Miller) em Animais Fantásticos Os Segredos de Dumbledore (Reprodução)

Mas Miller levou a situação toda a sério. A vítima relatou: “Foi apenas uma piada, obviamente – mas [Miller] levou isso literalmente e ficou super bravo e veio correndo para fora”. Foi quando uma das amigas da mulher começou a gravar. A mulher continuou:

“De repente, [ele está] em cima de mim, me sufocando, ainda gritando na minha cara se eu quero lutar. Minha amigo que está filmando vê que [ele] obviamente não está brincando e é realmente sério, então ele para de filmar e o empurra de mim enquanto [ele] ainda está tentando lutar comigo. Duas amigas minhas estão realmente segurando [Miller] enquanto [ele] grita: ‘Isso é o que você queria! Isso é o que você queria!’”

publicidade

Reynir chegou cedo para seu turno naquele dia e viu a mulher na área de fumantes com suas amigas e Miller. Quando ele viu a situação “ficando fora de controle”, ele decidiu se envolver.

O barman relatou: “[Miller] me agarra pela garganta enquanto tento conduzi-los para fora da porta [dos fundos] e me diz que eles não vai embora. Ele acrescentou que Miller afirmou repetidamente que as amigas da mulher o pressionaram. “O que elas não fizeram”, afirmou o barman.

Reynir então contou que correu para trancar a entrada da frente do bar, onde Miller, que havia dado a volta no prédio, estava batendo na porta e gritando para entrar de qualquer maneira.

publicidade

Segundo a Variety, a mulher relatou o incidente à polícia, mas não prestou queixa. Quanto a Reynir foi autorizado a terminar o trabalho mais cedo e fez um teste de PCR COVID na manhã seguinte, que deu negativo.

“Acredito que o incidente no bar foi o que arruinou completamente a reputação [de Miller] na Islândia. Ele parou de ir a outros bares logo depois”, disse Reynir.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›