Internautas encontram erro em cena de Bridgerton; veja

Regé-Jean Page como Simon em Bridgerton [2]
Regé-Jean Page como Simon em Bridgerton (Reproduçã0/ Netflix)
Todo mundo sabe que não é tão difícil que, em uma série com tantos detalhes quanto o drama de época Bridgerton, pequenos detalhes possam ser esquecidos e alguns errinhos possam passar despercebidos.

No entanto, a série apresenta um erro no seu primeiro episódio que é considerado indesculpável pelos fãs.

Para quem ainda não assistiu, a trama do seriado se situa no início do século XIX em Londres.

Assim, por se tratar de uma série de drama histórico, a quantidade de detalhes que permanece no palco é incontável.

Entretanto, alguns fãs com olhos de águia conseguiram notar um pequeno problema que acontece justamente no episódio de abertura da série e, ao que parece, foi causado por um leve descuido da pós-produção na hora de fazer a edição das cenas gravadas.

Acontece que uma calçada de paralelepípedos mostrada em uma das primeiras cenas de Bridgerton tem uma linha de estacionamento amarela pintada exatamente como é possível visualizar na foto a seguir.

Cena de Bridgerton: (Reprodução)

Um dos fãs que criticaram compartilhou a imagem da cena do primeiro episódio para mostrar a tal linha amarela na beira da estrada.

O problema é que é algo bastante questionável o fato de uma série de época ambientada em dois séculos atrás apresentar marcas de restrição de estacionamento em suas cenas, já que isso não existia ainda.

Embora esse erro não comprometa em absolutamente nada a qualidade do roteiro, da trama ou do entendimento da cena, os fãs não se contiveram e comentaram suas impressões nas redes sociais.

Veja o que alguns falaram:

“Eu realmente gosto de Bridgerton, mas com a tecnologia disponível para os cineastas hoje em dia, uma linha amarela?”, disse uma pessoa.

“Pensem em como seria Starbucks em GOT”, ironizou outro.

“Dois episódios em Bridgerton e até agora eu vi uma única linha e uma tampa de bueiro de telecomunicações. Não sabia que os britânicos do século 19 foram tão pioneiros…”, divertiu-se essa pessoa.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›