Entenda por que foi uma péssima ideia lançar Cruella no streaming

Cruella (Emma Stone) em Cruella (Reprodução)
Cruella (Emma Stone) em Cruella (Reprodução)

Quando foi anunciado que Cruella estrearia simultaneamente nos cinemas e no Disney+ o público e a crítica ficaram, mais uma vez divididos. De um lado estão os que acreditam que esse é o caminho certo, considerando o momento da pandemia da COVID-19, mas, de outro lado estão os que acham que isso é um golpe para o setor do cinema, que está tendo dificuldades para conseguir se segurar.

Nesta lista, você entenderá os principais motivos para acreditar que o lançamento simultâneo foi realmente uma péssima ideia.

Diminui o impacto do filme

Desde seu anúncio, Cruella tem sido um dos filmes mais esperados da Disney, principalmente pela combinação da mega-estrela Emma Stone com o personagem popular de Cruella de Vil.

Infelizmente, a pandemia obrigou a indústria do cinema a se adaptar e fazer modificações que acabaram reduzindo o impacto do filme, já que o streaming ainda não é visto como um grande espetáculo como é o caso do cinema.

Números pouco claros

Como streaming ainda é algo relativamente novo em Hollywood, ainda não foi estabelecida uma maneira clara e objetiva de medir o desempenho das produções e o impacto que elas têm sobre o público nesse canal.

A bilheteria ainda é um meio mais claro e mais certo de verificar se o filme é um grande sucesso de público ou não, mas, com o streaming, o jogo muda bastante.

Além disso, essa divisão entre cinemas e streaming acaba diluindo o número final, o que significa dizer que, mesmo que Cruella seja um grande sucesso, seu desempenho final real ficará obscuro.

Cruella (Emma Stone) em Cruella (Reprodução)
Cruella (Emma Stone) em Cruella (Reprodução)

Não está no mesmo nível de outros filmes live-action da Disney

Antes de Cruella, várias outras adaptações live-action chegaram às telas e, embora nem todos tenham sido aclamados pela crítica, é fato que todos foram grandes sucessos comerciais.

A situação atual tem sido complicada para o cinema, como já foi mencionado acima. Isso significa dizer que o lançamento simultâneo nos cinemas e no streaming também pode ser um fator que afete a percepção do público sobre o filme e o faça pensar que este não é tão poderoso quanto foram os anteriores.

Põe em perigo a experiência do cinema

Alguns filmes são feitos para serem degustados na tela grande dos cinemas já que nenhum streaming vai conseguir proporcionar a energia que toma conta de uma sala de cinema quando um grande filme começa.

O problema é que, se o público começar a se acostumar a ver filmes no conforto de casa, ele pode não querer voltar aos cinemas mesmo quando for seguro fazer isso de novo.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. Atuo como redator especializado em assuntos da cultura pop como filmes, séries de TV e streaming, animes e variedades relacionadas.

Veja mais ›