Ator admite que largou a própria vida para viver Elvis em cinebiografia

Ele desenvolveu uma espécie de obsessão pelo personagem

publicidade

O ator Austin Butler, de 30 anos, foi um grande exemplo de dedicação durante as gravações do filme Elvis. Para interpretar o rei do rock, ele deixou de lado todos os seus interesses pessoais e se dedicou apenas ao trabalho durante dois anos.

Em sua participação no Festival de Cannes, o astro admitiu que fez tudo o que podia para ficar completamente imerso no papel de Elvis Presley.

publicidade

‘’Basicamente coloquei o resto da minha vida em pausa por dois anos. Acabei absorvendo tudo o que eu podia’’, disse.

Porém, apesar da dedicação ter sido admirável, o ator confessou que desenvolveu uma obsessão pelo seu trabalho, e que buscou o máximo de informações possíveis para mostrar ao mundo um outro lado do cantor.

Austin Butler em Elvis (Reprodução/Warner)

‘’Eu dividi sua vida em períodos de tempo em que pude ouvir as diferenças em como sua voz mudou ao longo dos anos e como seu movimento mudou também, e passei dois anos estudando, tentando encontrar sua humanidade da melhor maneira possível’’, revelou.

publicidade

Ele afirmou que a parte mais difícil foi separar o ícone da música, do ser humano por trás do título, e que mostrar essa essência foi o seu maior desafio.

Expectativas no início atrapalharam o processo

Na época em que começou a gravar o longa, ele acreditou que se fosse dedicado o suficiente, poderia ficar igual a Elvis, até mesmo fisicamente.

publicidade

‘’Quando comecei, coloquei essas expectativas irreais em mim mesmo, de que de alguma forma, se eu trabalhasse duro o suficiente, eu poderia fazer meu rosto idêntico ao rosto de Elvis. E que meus olhos ficariam exatamente como os olhos de Elvis e você não seria capaz de dizer a diferença’’, confessou.

Ele percebeu mais tarde, que não era a aparência que fazia essa ligação entre eles, mas sim, a alma do cantor, e comparou a experiência como ir a um museu de cera.

‘’A certa altura, é como ir ao museu de cera, e o que é realmente importante é que a alma dele saia’’, declarou.

publicidade

Quando as filmagens encerraram, Austin precisou ir direto ao hospital; isso por que, o corpo reagiu ao trabalho excessivo e ele teve uma espécie de apendicite.

Sobre a produção, a família de Elvis fez questão de se pronunciar sobre a atuação. Lisa Marie, a filha do falecido cantor e a neta Riley Keough, contaram que ficaram emocionadas com o trabalho.

O longa, que contou com a direção de Baz Luhrmann, estreia no dia 14 de julho nos cinemas.

publicidade
Austin Butler e Elvis Presley (Montagem/Reprodução)
Austin Butler e Elvis Presley (Montagem/Reprodução)

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›