Duna

publicidade

Segundo filme com o maior número de indicações no Oscar 2022, Duna é considerado uma obra prima para os fãs da história de ficção cientifica. O longa concorre nas seguintes categorias:

Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora, Melhor Som, Maquiagem e Cabelo, Efeitos Visuais, Melhor Fotografia, Melhor Edição e Melhor Design de Produção.

publicidade

A história é baseada nos livros best-sellers de Frank Hebert, que leva os fãs para um universo futurista, sem computadores ou robôs. Essa é uma adaptação bastante aguardada do romance publicado em 1965.

O livro se tornou um dos mais vendidos em seu lançamento, fazendo com que se tornasse um dos maiores sci-fi de todos os tempos. Por conta de toda a repercussão e sucesso, outros cinco livros e um conto surgiram posteriormente.

A morte do autor fez com que Brian Herbert, seu filho, continuasse obra em uma parceria com Kevin J. Anderson. Duna é lembrado por conta de suas profundas reflexões sobre religião, filosofia e psicologia.

Uma primeira versão chegou aos cinemas em 1984, mas não agradou tanto quanto a atual. O diretor David Lynch foi o responsável por esse primeiro projeto, que teve Kyle Machlan como protagonista. O projeto mais recente chegou aos cinemas em outubro de 2021, dirigido pelo visionário Denis Villenueve.

publicidade

A produção conta com Timothée Chalamet, Rebecca Ferguson, Oscar Isaac, Jason Momoa, Javier Bardem, Josh Brolin, Zendaya e muitos outros no elenco. Duna se passa em um futuro distante, onde o Duque Leto Atreides (Isaac) administra o planeta Arrakis, também conhecido pelo nome do filme.

No local, uma substância rara chamada de melange é usada para estender a vida humana, dar poderes sobrehumanos e chegar à velocidade da luz. Por conta disso, ele manda Paul (Chalamet), que tem um grande destino, junto com seus servos e sua concubina Lady Jessia (Fergunson), para garantir o futuro de seu povo.

publicidade

O que eles não esperavam, é que uma traição poderia acabar mudando tudo e prejudicando os planos da família.

Curiosidades:

Entre as maiores curiosidades sobre a história de Duna, estão os fatos dos livros terem sofrido uma rejeição no início. Nenhuma editora tinha interesse em publicá-los. Além disso, algumas situações são inspiradas nos conflitos no Iraque, tanto que trajes e alguns nomes são típicos do Oriente Médio.

Também são parte das referências a influência que o autor obteve do Budismo e também da Bíblia Cristã. Enquanto o nome veio das dunas de areia de Oregon. Depois de ficar intrigado ao saber que as dunas estavam matando a vida selvagem no local, Herbert ficou intrigado e começou a se interessar pelo assunto.

publicidade

Em 1975, Duna quase foi adaptado para os cinemas em um projeto do diretor Alejandro Jodorowsky. O roteiro que poucos tiveram acesso, era extremamente diferente do original. A primeira adaptação a sair do papel foi a de David Lynch, em 1984.

O que quase ninguém sabe, é que Duna também já foi uma série no canal Syfy. As adaptações Duna (2000) e Filhos de Duna (2003), tiveram até o ator James McAvoy no elenco. Porém, também foram consideradas um pouco falhas em comparação com a história original.

E para quem lembra de Star Wars em alguns detalhes da trama, isso acontece porque George Lucas teve grandes inspirações na obra de Frank Herbert.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›