Disney adota política de tolerância zero após demissão de atriz

Cara Dune
Gina Carano como Cara Dune em O Mandaloriano (Reprodução / Disney+)

Disney irá implementar uma política de tolerância zero, a fim de evitar que um caso parecido com o de Gina Carano volte a acontecer.

Gina Carano foi demitida da Lucasfilm após uma série de polemicas envolvendo os posts de sua conta no Twitter.

O insider Daniel Richtman disse que uma política interna de tolerância zero foi adotada.

Daniel não informou qual seria a nova diretriz imposta, mas é possível deduzir que ela proíba seus atores de realizar algum tipo de discussão social, política e religiosa nas redes sociais.

Carreira em ascensão

A atriz estrelava a série The Mandalorian junto com Pedro Pascal e Carl Weathers. Sua personagem, Cara Dune, ganhou muitos fãs e uma linha de bonecos da personagem foi lançada.

Alguns rumores diziam que Gina Carano estrelaria um spin-off de The Mandalorian, voltado para a história de sua personagem.

Após a demissão sua linha de brinquedos foi cancelada, e qualquer plano para o spin-off deve ser engavetado.

Demissão

O caso começou ainda no ano passado quando a atriz foi acusada de zombar do movimento trans americano. Na época a hashtag #FireGinaCarano (DemitaGinaCarano) ficou viral no Twitter.

O estúdio Lucasfilm, responsável pela gravação de The Mandalorian, pediu para que a atriz publicasse um pedido de desculpas escrito por sua equipe.

Gina recusou e postou um pedido de desculpas com suas próprias palavras e, segundo ela, foi excluída das coletivas de impressa da segunda temporada da série como forma de punição.

Há poucas semanas ela voltou a se envolver em outra polemica quando comparou o Partido Democrata ao nazismo.

Logo depois o estúdio fez um anúncio dizendo que “por razões de narrativa e marketing“, selecionaria uma nova atriz para interpretar a personagem Cara Dune.

O estúdio classificou os posts de Gina como ‘’Horrendos e inaceitáveis’’ e que ‘’ denegriam as bases sociais e religiosas de outros usuários’’.

A nova atriz que deve substituir Gina Carano ainda não foi escalada.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›