Diretora “sentia pena” de Daniel Craig quando ele foi escolhido como 007

Daniel Craig como James Bond em Cassino Royale (Reprodução)
Daniel Craig como James Bond em Cassino Royale (Reprodução)

Debbie McWilliams pode não ser um nome familiar, mas seu trabalho como diretora de elenco moldou a lendária franquia James Bond por três décadas.

McWilliams é o diretora de elenco responsável pela contratação de Timothy Dalton, Pierce Brosnan e Daniel Craig.

Com Craig está saindo da franquia 007 após o próximo filme Sem Tempo para Morrer. E McWilliams conversou com a Entertainment Weekly para refletir sobre a escolha do ator antes de sua estreia como Bond em Cassino Royale.

A diretora de elenco disse que “sentia pena” de Craig depois que seu elenco levou a uma reação extremamente negativa da imprensa, que pensava que Craig não se encaixava no papel de Bond.

“Foi incrivelmente negativo, devo dizer. A resposta da imprensa foi horrível e eu senti pena dele, mas de uma forma engraçada, acho que quase o estimulou a fazer o máximo para provar que todos estavam errados. Durante todo o filme, surgiram coisas sobre [como] ele não conseguia andar e falar, não conseguia correr, não conseguia dirigir um carro corretamente, tantas coisas que eram completa e totalmente falsas. E ele apenas manteve a cabeça baixa, continuou com o trabalho e então o filme foi lançado e todo mundo disse: ‘Nossa, acho que gostamos bastante dele, afinal'”.

McWilliams acrescentou que “Craig seria um ato difícil de seguir”. A estreia de Craig em Cassino Royale foi aclamada, e o filme foi amplamente creditado por reativar o interesse mundial na franquia Bond.

O mandato de Craig com a franquia Bond incluiu Operação Skyfall, amplamente considerado um dos melhores filmes de 007 já feitos. McWilliams ainda disse sobre a escalação de Craig:

“Houve uma busca massiva antes de ele ser escalado e começou com uma visão ligeiramente diferente das coisas. Originalmente, a história de Cassino Royale pretendia ser uma espécie de nova e jovem prova que se transformava em James Bond em vez de um personagem totalmente formado, mas lutamos para encontrar alguém que pudesse ocupar esse lugar… Então, com o passar do tempo, eles decidiram , vamos continuar com a fórmula antiga e vamos examiná-la novamente. E isso foi depois de uma longa, longa pesquisa e Daniel se tornou a escolha óbvia para mim no final”.

007 – Sem Tempo para Morrer chega nos cinemas no dia 8 de outubro.

O longa metragem tem direção de Cary Fukunaga. Além de Craig, o elenco inclui Rami Malek, Léa Seydoux, Naomie Harris, Ana de Armas, Lashana Lynch e Ralph Fiennes.

Veja mais ›