Diretor vai a lágrimas em reunião do filme Pantera Negra

Ryan Coogler contou como foi começar a trabalhar em Pantera Negra 2 sem Chadwick Boseman

Filmar Pantera Negra: Wakanda para Sempre após a morte de Chadwick Boseman com certeza não deve ter sido tarefa fácil para o elenco e o diretor do filme da Marvel.

Boseman faleceu em 2020 vítima de um câncer de cólon. A Marvel assegurou que o personagem T’Challa não seria reformulado. E com isso Pantera Negra 2 lidará com luto pela morte do rei de Wakanda, bem como a chegada um sucessor ou sucessora do Pantera Negra.

Em uma entrevista para o site internacional para o Screen Rant, o diretor Ryan Coogler compartilhou como honrou o legado de Chadwick Boseman no set de Pantera Negra: Wakanda para Sempre.

Lista de Chamada

T’Challa (Chadwick Boseman) em Pantera Negra (Reprodução / Marvel)

Uma das atitudes tomadas foi a respeito da lista de nomes da equipe e elenco, no qual deixaram o primeiro número para Boseman. A ideia levou o diretor às lágrimas.

“Uma das primeiras reuniões que tive logo na pré-produção, Don Sparks, que não estava conosco no primeiro Pantera Negra – você tinha a grande Lisa Satriano nisso. Mas trabalhei com Donald em Creed quando estávamos na Filadélfia e Don é um homem negro. Entramos nessa reunião, e estava eu, um produtor e algumas outras pessoas, e a primeira coisa que ele disse foi: ‘Ei, estou trabalhando nesta lista de chamada. Estou numerando o elenco e achei que devíamos deixar o número um para Chad. Deixe isso em branco’. Eu tive que desligar minha câmera Zoom porque fiquei um pouco engasgado com o conceito disso”.

Os efeitos da morte de Boseman no elenco

Chadwick Boseman como T'Challa em Pantera Negra (Reprodução / Marvel)
Chadwick Boseman como T’Challa em Pantera Negra (Reprodução / Marvel)

Ryan Coogler então discutiu os efeitos que a morte de Boseman teve sobre ele e outros envolvidos no filme.

“Mas ele afetou o mundo, cara. Quando você sofre um trauma, muitas vezes acontece como uma bomba. E às vezes, as pessoas estão bem ali naquele raio de explosão. Muitos de nós estávamos lá no raio dele; nós o conhecíamos. Trabalhamos com ele por anos e criamos um vínculo com ele que só pode ser forjado trabalhando em algo que todos se preocupam apaixonadamente . Mas ele afetou pessoas que não estavam no raio da explosão também. Quando você fala sobre fazer um filme do Pantera Negra, a presença dele estava bem ali naquela folha de chamada. Mesmo nos mínimos detalhes, todos nós o carregamos conosco e sempre vai”.

Pantera Negra: Wakanda para Sempre chega aos cinemas no dia 10 de novembro de 2022. Enquanto Wakanda está de luto pela morte de T’Challa, o rei de Talocan, Namor, inicia um guerra contra o povo da superfície.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›