“Parece que um fã escreveu”, dispara diretor sobre episódio de The Mandalorian

Boba Fett em The Mandalorian (Reprodução / LucasFilm)
Boba Fett em The Mandalorian (Reprodução / LucasFilm)

Robert Rodriguez, conhecido por dirigir Sin City e Alita: Anjo de Combate, ficou muito feliz em dirigir um episódio de The Mandalorian.

Em uma entrevista para o Collider, o diretor revelou que era um grande sonho seu dirigir algo relacionado a Star Wars e que ficou surpreso ao ler o roteiro de Chapter 14: The Tragedy, que contou com o retorno do icônico Boba Fett.

Era meu sonho de 12 anos“, Rodriguez detalhou ao Collider.

“Quando eu tinha 12 anos, [Star Wars: O] Império Contra Ataca foi lançado e eu era um grande fã de Boba Fett. Você sabe, eles o provocavam antes do filme sair. Você já sabia que ele seria um personagem para assistir”.

O diretor continuou: “O marketing foi realmente ótimo, tipo, ‘Este personagem Boba Fett’, então quando você viu o filme, mal podia esperar para vê-lo. Ele capturou sua imaginação antes mesmo de o filme sair; é tudo que estávamos falando na escola. Ainda me lembro disso, como aquele personagem era misterioso. Você experimentou um pouco dele, mas estava esperando para ver mais”.

Ele ainda disse sobre como se sentiu ao trazer Fett de volta para ação.

“Quando eu vi o script (me enviaram o script) e dizia ‘Boba Fett’ e ‘Darksaber’ e ‘Mando’ e ‘Fennec’, eu estava tipo, ‘Isso nem parece um script real. Parece que um fã escreveu isso em um sonho febril esperando que fosse um episódio’“, brincou Rodriguez.

“E sim, esse era o roteiro. Tinha todas as coisas boas nele. Foi como um ‘Maiores Sucessos’ de todas as coisas boas; eu não podia acreditar. Para ir brincar em Star Wars com todos os brinquedos e para começar a jogar com Boba Fett como um de seus [personagens] principais – eu só pensei, ‘Eu tenho que ir lá e apenas deixá-lo estar’… Não sei se ele vai aparecer em mais episódios ou o que, então eu só tenho que torná-lo super fodão neste momento [e] ser aquele personagem que eu imaginei que ele fosse quando ouvi sobre ele quando eu tinha 12 anos. Essa era minha missão, apenas ir satisfazer aquele fascínio de 12 anos de idade com o personagem”, finalizou.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›