Diretor de Predador: A Caçada tem ‘muitas ideias’ para outros filmes da franquia

Ideias levarão a série de filmes para outros lugares inexplorados.

publicidade

Depois de Predador: A Caçada, muitos outros filmes com o famoso alienígena ainda podem vir por aí, diz Dan Trachtenberg.

O diretor do filme conversou recentemente com o site Time Out, e revelou que tem ideias para muitos outros projetos envolvendo o Predador.

publicidade

Nada está confirmado ainda, esclareceu o cineasta. Apesar disso, ele já tem muitas cartas na manga para o que pode apresentar daqui para frente, e segundo ele, ainda há a possibilidade de fazer muitas coisas diferentes e surpreendentes com a franquia:

“Existem um monte de ideias empolgantes para o que pode vir no futuro para a franquia. As coisas que me excitam mais são as tentativas ambiciosas e eu acho que há bastante alcance para fazer um monte de outras coisas que nunca foram feitas antes.”

A hora de trazer elementos inovadores para os filmes de Predador é agora, ainda mais depois de A Caçada, que é de certa maneira como se fosse um reboot da série de filmes, apresentando um novo ângulo da história do alien.

Armas do novo filme foram inspiradas em games

Cena de trailer de Prey (Reprodução)
Cena de trailer de Prey (Reprodução)
publicidade

Dan também revelou recentemente que ele queria mudar um pouco as coisas desta vez, e apresentar novos apetrechos do Predador. Ele contou (via Comic Book) que as referências para o machado indígena e o escudo do alienígena vem da mitologia grega do jogo God of War, da Sony Playstation:

“Eu contei faz um tempo que eu tirei inspiração do último jogo de videogame do God of War, e aquelas armas estão no trailer. Uma é o escudo dele, que você vê rapidamente. E a outra não é um apetrecho do Predador, mas a maneira como Nadu segura o machado dela, ela inventa algo da hora para aquele Tomahawk. Aquilo vem de uma mecânica que está no videogame, eu acho que o escudo é algo legal demais. Tem algumas coisas que são iguais a antes, mas mesmo essas coisas funcionam de maneira ligeiramente diferente.”

publicidade

Ele também explicou que não quis trazer a clássica arma de plasma porque, se passando no século 17, ele queria que a luta com os indígenas fosse mais justa:

“A coisa principal que eu queria retirar do filme era a arma de plasma. Só porque ela era como um tipo de botão que você apertava e ganhava instantaneamente. Eu queria me certificar de que a luta poderia ser o mais empolgante possível sem tirar todas as vantagens dele.”

O Predador: A Caçada estreia no Star+ no dia 5 de agosto.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›