Diretor abre o jogo sobre briga com Will Ferrell

publicidade

Depois de dois anos se mantendo em silêncio sobre o assunto, o diretor Adam McKay resolveu abrir o jogo e contar mais sobre a briga que aconteceu entre ele e o ator Will Ferrell.

Adam conversou com a Vanity Fair sobre seus novos projetos e deu mais detalhes sobre o problema entre os dois. Segundo ele, os dois artistas ainda não voltaram a se falar.

publicidade

O diretor revelou que tudo aconteceu porque ele havia cometido um erro escalando Will para um projeto dele.

McKay estava trabalhando em uma minissérie da HBO que contava a história do time de basquete Los Angeles Lakers nos anos 80 e chamou o ator para interpretar o dono do time, Jerry Buss.

Entretanto, Will não parecia ser a melhor escolha para o papel, e acabou sendo substituído pelo amigo e ator John C. Reilly. Adam contou que, apesar da decisão ser a mais acertada, ele sentiu muita dificuldade de passar a notícia da substituição para o ator:

“A verdade é, a maneira que o programa sempre iria ser feito, é hiperrealístico. E o Ferrell apenas não se parece com o Jerry Buss, e ele não tem aquela vibe do Jerry Buss. E havia algumas pessoas envolvidas que estavam tipo, ‘Nós amamos o Ferrell, ele é um gênio, mas nós não conseguimos ver ele fazendo isso‘. Isso foi uma discussão um tanto quanto difícil. Eu não queria magoar os sentimentos. Eu queria ser respeitoso!”

publicidade
John C. Reilly e Will Ferrell (Divulgação)
John C. Reilly e Will Ferrell (Divulgação)

A situação foi agravada pelo fato de que, no fim das contas, quem deu a notícia para Will não foi o diretor, mas o colega que o estava substituindo. Adam revelou que ainda se culpa por não ter lidado com isso pessoalmente:

publicidade

“Eu deveria ter ligado para ele e eu não fiz isso. E o Reilly fez, claro, porque o Reilly, ele é um cara com quem a gente pode contar.”

Diretor confessa: “C*guei o negócio”

Adam confessou na entrevista que acha que lidou extremamente mal com a situação. Ele disse que acha que podia ter sido mais correto em suas atitudes e isso teria evitado a briga entre os dois:

“Eu realmente c*guei o negócio na forma como eu lidei com aquilo. É aquela velha coisa que você tem que manter o seu lado da rua limpo. Eu devia simplesmente ter feito tudo da maneira certinha.”

publicidade

Os dois artistas ainda não retomaram a amizade, mas Adam ainda tem esperança de que isso vai acontecer um dia:

“Na minha cabeça eu estava tipo, ‘Nós vamos deixar a poeira abaixar. Seis meses a um ano, nós iremos nos sentar, iremos rir sobre isso e falar, é só uma besteira  de negócios, quem se importa? Nós trabalhamos juntos por 25 anos. Nós vamos mesmo deixar isso estragar a nossa amizade?‘.”

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›