Dexter | Dilema ‘pai e filho’ volta em nova temporada

Já era previsto, mas agora temos a confirmação de que o filho de Dexter vai estar na nova temporada da série.

Dexter: New Blood terá em seu enredo Harrison, o filho do serial killer que, na linha atualizada da serie, agora é um adolescente.

Essa era uma informação que já havia sido mencionada pelos produtores e, com a confirmação, também foi divulgado que o personagem será interpretado por Jack Alcott (The Blacklist, The Good Lord Bird). 

A decisão era tão prevista quanto acertada. Afinal, conforme o próprio showrunner da série Clyde Phillips afirmou, não se “pode fazer um show sobre Dexter sem incluir o tema pai e filho”. 

Nova temporada de Dexter foca em dilemas familiares e conflito ‘pai e filho’

Durante a turnê de imprensa realizada, Phillips aproveitou para contar um pouco sobre como será e presença de Harrison para Dexter: “Seu filho sempre pensou que ele estava morto, depois descobriu que estava vivo e fica com um grande ressentimento”.

Com essa estrutura definida, Phillips deixa claro que uma subtrama de Dexter: Novo Sangue fará com que o serial killer tenha que desenvolver um terreno sólido quando se trata de paternidade: “[Dexter] tem muito trabalho a fazer para conquistar seu filho de volta e prova que é um bom pai.”

Nova estrutura de trama

O produtor executivo da série, Scott Reynolds, deixou que os fãs não devem esperar o mesmo tipo de história que costumava ser contada nas temporadas anteriores de Dexter. Segundo ele, Dexter: Novo Sangue vai realmente trazer o foco de uma forma muito mais íntima e pessoal para o protagonista:

“Nós… rompemos com o formato que estávamos fazendo antes… Grandes e pequenos criminosos… Nós os encontramos, perseguimos, caçamos e os embrulhamos em plástico e os matamos – cerca de 8 a 10 bandidos a cada temporada”, disse o produtor, relembrando como era o enredo e como Dexter costumava fazer as coisas.

Contudo, não é isso que Dexter: Novo Sangue vai apresentar. Reynolds explica dizendo:

“nos afastamos um pouco disso e o tornamos muito mais pessoal. É sobre Harisson. É sobre a vida familiar. É sobre um pai que é um assassino – um assassino em série –  e o efeito que isso tem sobre todos ao seu redor.”

De fato, o produtor descreveu bem como a série havia seguido até então. Basicamente, era uma perseguição de gato e rato, com Dexter sempre um passo à frente da polícia. É correto afirmar que o protagonista gastou muita energia tentando evitar lidar com as consequências emocionais que as suas ações causaram naqueles ao seu redor. Agora, é exatamente nesse lugar que a série vai se concentrar e aprofundar.

Para quem ficou curioso, Dexter: Novo Sangue estará disponível a partir de 7 de novembro no Showtime.

Veja mais ›