Demi Moore diz que nunca mais vai raspar cabelo após filme com o qual ganhou prêmio

Atriz esteve em Até o Limite da Honra

publicidade

Há quase 30 anos, Demi Moore causava um grande espanto em Hollywood, ao aparecer careca nas gravações de Até o Limite da Honra. Agora, décadas depois, a atriz abriu o jogo e revelou que não rasparia a sua cabeça outra vez e expôs uma relação estreita com as suas madeixas.

Numa entrevista, recente a atriz que hoje tem 60 anos, afirmou que já foi um “camaleão capilar” no passado, mas que agora prefere ter pouco trabalho com o seu próprio cabelo.

Demi Moore em Até o Limite da Honra (Reprodução)
publicidade

Para à revista americana People, Moore afirmou que está mais velha e acredita que não há nada de novo “para provar” no seu visual.

Durante o bate-papo, a atriz ainda brincou que usaria uma peruca para viver uma personagem com o cabelo diferente.

“Acho que agora que estou mais velha, também sei que não tenho nada para provar”, ela observou. “Então, se realmente precisarem de um cabelo diferente, eles podem me dar uma peruca”, afirmou Moore.

Entretanto, Moore acabou compartilhando um olhar intimo para a relação com o seu cabelo.

publicidade

A atriz deixou claro que não gosta de grandes mudanças no estilo das suas madeixas e que sequer mexer em seu cabalo acaba se tornando estressante.

“É estressante até mesmo ter alguém tocando [meu cabelo]. Se eu não vou para lugar nenhum, eu nem uso secador – eu apenas tento deixá-lo quieto. E eu não o lavo com muita frequência”,

publicidade

Moore ainda explicou que, atualmente, tem o costume de cortar apenas as pontas dos fios para manter seu cabelo saudável. Além disso, a saúde capilar também é levada em conta na sua dieta.

Demi Moore
Demi Moore (Instagram)

Em seus comentários, a atriz ainda passou uma mensagem de empoderamento, quando comentou sobre uma tendência que tenta impor cabelos mais curtos a mulheres mais velhas.

publicidade

“Lembro-me de ouvir alguém dizer que, quando as mulheres envelhecem, elas não devem ter cabelos compridos. E algo sobre isso me marcou. Eu pensei: ‘Bem, se o cabelo pode crescer e está saudável, então por que não deveríamos usá-lo assim?’ Não me sinto confortável com regras que parecem não ter nenhum significado ou justificativa real.”

Dirigido por Ridley Scott, Até o Limite da Honra se tornou um grande fracasso de bilheteria e ainda rendeu para Moore o título de Pior Atriz, no Framboesa de Ouro.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›