De volta ao DCEU, Jared Leto revela planos para depois de Liga da Justiça

Jared Leto como Coringa: Reprodução

Em entrevista concedida à revista Variety, o ator Jared Leto contou que tem planos trabalhar com o diretor Zack Snyder após a finalização das produções de Liga da Justiça.

Na versão especial do diretor para a HBO Max, o ator aparecerá mais uma vez, no papel do Coringa.

A princípio, o ator tentou fazer um pouco de suspense sobre sua participação no filme, dizendo que se tratava apenas de rumores, mas depois acabou confirmando.

“Eu posso ou não estar nessa versão do filme. Ouvi rumores! Vamos deixar Zack confirmar ou negar isso”, disse ele em primeiro momento.

“Estou ansioso para trabalhar com ele novamente no futuro. Nós temos algumas cartas na manga, eu e Zack”, revelou depois.

Zack Snyder, por sua vez, não só confirmou, como também afirmou que trará o vilão com outro visual, diferente daquele que já é conhecido em Esquadrão Suicida, de 20016.

Zack Snyder’s Justice League(como a nova versão está sendo chamada) está previsto para chegar à HBO Max no mês de março e será dividido em quatro partes.

A produção trará muitas das cenas que foram deletadas na versão inicial, incluindo as que aparecem os personagens Darkseid, DeSaad e o Caçador de Marte.

Os Pequenos Vestígios

Falando em Jared Leto, é válido lembrar que ele também estará em outro filme da Warner Bros intitulado Os Pequenos Vestígios cuja sinopse revela que o vice-xerife do condado de Kern, Joe “Deke” Deacon (Denzel Washington), é despachado para Los Angeles para o que deveria ter sido uma tarefa rápida de reunir provas na investigação de um assassino em série que está aterrorizando uma cidade.

O assassino em questão é justamente o personagem de Leto, que ele mesmo descreveu da seguinte forma:

“Bom, está tudo no nome – Albert Sparma! Ele é um cara diferente. Ele é de fora, uma ovelha negra, uma pessoa presa em uma parte da vida que ele talvez sinta que não merece. Ele foi abençoado e amaldiçoado com uma grande inteligência e sagacidade, mas não se encaixa direito na sociedade. Para mim, foi uma oportunidade de fazer uma transformação completa, que eu aproveitei e foi muito legal, na preparação, na pesquisa e na construção do personagem. Foi muito divertido.”

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›