Criador de The Good Doctor comenta retorno de personagem e novidades da quarta temporada

The Good Doctor: Reprodução

Atenção, este texto contém spoilers do primeiro episódio da quarta temporada da série.

No primeiro episódio da quarta temporada de The Good Doctor vimos o retorno de um personagem inesperado, o Dr. Neil Melendez.

O roteirista David Shore, criador da série, comentou com ao TVLine a decisão de trazer o personagem de volta para a estreia da temporada e acabou trazendo também outras informações. Confira abaixo.

“Parte desses episódios [pandêmicos] é sobre o estresse – o estresse do mundo real que os últimos [vários meses] colocaram nos médicos de verdade.”

“Tentamos [incorporar] todos os aspectos dela, desde lidar com a frustração de não saber qual era a resposta, ou como ajudar as pessoas para começar, até a frustração de estar separado de seus entes queridos.”, explicou ele.

“O enredo de Claire é muito sobre tentar trazer consolo para as pessoas que perderam alguém. Melendez é uma dessas pessoas [para Claire], mais do que qualquer outra pessoa em nosso hospital naquele momento, considerando a forma como terminamos a temporada passada. Claro, não prevíamos nada disso no final da 3ª temporada.”

“Liz Friedman, que co-escreveu o episódio comigo, me ligou um dia e disse: ‘Acho que deveríamos ver Melendez’, e eu disse: ‘Isso é uma boa ideia.’. Já fizemos isso antes, obviamente, com Shaun e seu irmão, e parecia uma maneira interessante para essa [dor] se manifestar.”

Ele continuou dizendo: “Também acrescentarei que, mesmo quando estava conversando com Nick no final do ano passado, disse: “Este é o tipo de série em que nem mesmo a morte o impede de estar aqui. Sempre pensei que seria bom ter um momento para trazê-lo de volta e trazer de volta o espírito de Melendez de alguma forma.”.

O ator Nicholaz Gonzalez ficou extremamente contente em participar.

“Ele estava imediatamente a bordo. Ele pode ter ficado surpreso que fosse tão cedo, mas não hesitou. Foi maravilhoso.”

O roteirista também falou sobre não ser possível ignorar os acontecimentos da pandemia, e isso continuará a ser abordado na série.

“Sim. Tivemos várias discussões na sala dos escritores no início. Estamos [também] em grande desvantagem por não sabermos como isso vai acabar.”

“Quando começamos a falar sobre isso em abril e maio, e sabíamos que iríamos ao ar em outubro ou novembro, presumimos que – não a suposição, mas certamente todos esperávamos que tudo isso acabasse em então, ou muito atrás de nós então.”

“Foi complicado… Você não quer ficar atolado nisso para sempre, mas há um verdadeiro drama aqui, e há verdadeiros heróis aqui, e está afetando cada um de nós. Parecia desonesto não contar essa história.”, finalizou ele.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›