Criador de My Hero Academia compartilha inspirações para os vilões

Kōhei Horikoshi falou sobre como criar visuais que tornam os vilões facilmente reconhecíveis.

publicidade

My Hero Academia apresentou diversos vilões memoráveis através dos mangás e dos animes, e o criador da história falou sobre sua abordagem para criar tais vilões.

Kōhei Horikoshi está levando My Hero Academia para o seu final e uma grande batalha entre heróis e vilões está acontecendo. Através disso, Horikoshi está tentando fazer que o público não só compreenda o lado dos heróis, mas do vilões também.

publicidade

De acordo como o ComicBook, na mais recente edição da Jump GIGA da Shueisha, Horikoshi comentou que ele cria vilões com um motivo visual facilmente reconhecível para que seja sempre lembrado.

O criador de My Hero Academia deu um exemplo com o cabelo de Toga. Observando que seu design faz com que seu cabelo se pareça com um lírio-aranha, ele garante que cada um deles tenha um motivo visual perceptível para que, se você não estiver totalmente ciente do que faz um vilão funcionar, pelo menos com esse visual notável, até os fãs casuais poderão lembrar-se de cada um dos vilões.

Como o cabelo de Toga, as cicatrizes de Dabi e muito mais. Isso pode ser visto especialmente nos principais membros da Liga dos Vilões antes de se tornarem uma unidade muito maior, e é difícil negar que cada um é visualmente atraente.

Embora muitos vilões podem acabar sendo “esquecidos” ao longo da série, a medida que que são derrotados e novos surgem, alguns deles são facilmente lembrados novamente devido aos seu visual.

publicidade
Toga em My Hero Academia (Reprodução)
Toga em My Hero Academia (Reprodução)

Mensagem aos fãs

Kōhei Horikoshi compartilhou uma mensagem para os fãs falando sobre My Hero Academia chegar ao fim e se aposentar de desenhar os personagens que criou.

publicidade

“Sinto que finalmente posso ver o objetivo à vista. É um sentimento bastante estranho chegar a este ponto. No passado, eu estaria apenas desenhando sem uma única preocupação [com o futuro], mas agora me pergunto quantas vezes mais posso desenhar esses personagens? A mudança é assustadora como você envelhecer. Bem, eu realmente não deveria me debruçar sobre isso! Até o próximo volume, então!”.

O mangá de My Hero Academia é publicado no Brasil através da editora JBC, o anime pode ser assistido na Crunchyroll.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›