Criador de A Maldição da Residência Hill ainda não tem planos de continuar antologia

A Maldição da Residência Hill (Divulgação)
A Maldição da Residência Hill (Divulgação)

Em dezembro passado, Mike Flanagan declarou nas redes sociais que não havia planos atuais de revisitar a antologia Haunting, que até agora inclui apenas o sucesso A Maldição da Residência Hill e seu sucessor A Maldição da Mansão Bly.

Em uma entrevista para a EW antes do lançamento de Midnight Mass, sua nova série de terror com o produtor Trevor Macy, Flanagan confirmou que ainda ainda não tem plano de continuar sua antologia.

No entanto, ele também explicou o que seria necessário para os sócios produtores retornarem para a antologia.

“Uma das coisas que define a antologia Haunting para mim é que ambos até agora tratam de atualizar e remexer na literatura clássica existente. Midnight Mass sempre foi tão original, importante e pessoal que nunca parecia que faria parte daquele universo”.

Residência Hill, que estreou em 2018, foi inspirada no romance de terror gótico da autora Shirley Jackson, The Haunting of Hill House. A temporada acompanhou a família Crain a partir de duas linhas do tempo distintas: quando eles se mudaram para a mansão Hill e sofreram com eventos sobrenaturais assustadores, e então, anos depois, quando os membros sobreviventes lutaram com um trauma persistente.

Mansão Bly, inspirada em The Turn of the Screw, de Henry James, contou a história de uma jovem que se tornou babá de duas crianças em uma casa assustadora no Reino Unido.

Ainda sobre a antologia Haunting, de acordo com Macy, surge a pergunta: “O que é um fantasma?”. Em Residência Hill e Mansão Bly, Flanagan e sua sala de escritor exploraram a ideia de memórias como fantasmas.

“Se as estrelas se alinham de tal forma que decidimos voltar para o mundo Haunting, isso teria que ser muito naquele caminho que estabelecemos. Teria que ser com o pedaço certo de IP, teria que ser com a história centrada em certos fantasmas, e teria que realmente se encaixar com Bly e Hill”.

Nesse ínterim, Flanagan e Macy ainda estão ocupados como sempre fazendo a série de terror da Netflix, só que atualmente não é conectado com a antologia Haunting.

Ainda assim, Midnight Mass, estrelado por Zach Gilford e Hamish Linklater, traz de volta uma série de atores de Haunting, como Kate Siegel, Rahul Kohli, Robert Longstreet, Samantha Sloyan e Henry Thomas.

“[Midnight Mass] sempre existiu claramente em seu próprio mundo. Acho que é divertido para nós trazer de volta as pessoas com quem gostamos de colaborar, mas essas colaborações são anteriores e continuarão a existir muito depois de Haunting”, finalizou Flanagan.

Midnight Mass estreia na Netflix no dia 24 de setembro de 2021.

Veja mais ›