Coronavírus causa mais problemas em Los Angeles e inúmeras séries têm produção interrompida

Grey’s Anatomy: Reprodução

Desde o fim do bloqueio causado pela pandemia, muitos programas de televisão e filmes puderam continuar gravando dentro da normalidade permitida pelas restrições do coronavírus, porém, a situação agora é outra.

O aumento de casos de coronavírus na cidade de Los Angeles causou mais uma vez a interrupção da produção de pelo menos vinte e quatro seriados na cidade.

Desde dezembro, quando a disseminação do vírus voltou a ficar em alta, as autoridades pediram às produções que parassem de funcionar.

De acordo com o site ScreenRant, seis das séries que tiveram que parar são Brooklyn Nine-Nine, Mr. Mayor, Kenan e Good Girls. Esses títulos foram os primeiros a anunciar que paralisaram a produção e, embora tenham data de retorno – todos voltarão a ser rodados em 18 de janeiro, exceto Brooklyn Nine-Nine que o fará em 11 de janeiro -, a incerteza e as mudanças inesperadas provocadas pela pandemia não ajudam muito.

Depois de cumprirem as recomendações das autoridades, outras séries acabaram seguindo pelo mesmo caminho.

Somente da 20th Century e ABC estão na lista: Grey’s Anatomy, American Crime Story, American Horror Story, Mayans, Love, Victor, 911, 911: Lone Start, American Housewife, Big Shot, Black-ish, Last Man Standing, Mixed-ish, The Orville, Rebel, Station 19 e This Is Us.

Até o momento, acredita-se que elas retornarão a gravar no próximo dia onze.

A Sony Pictures, por sua vez, decidiu interromper a produção de Los Goldbergs e Atípico até o próximo dia 11 de janeiro, quando acreditam que poderão voltar ao trabalho. A Warner Bros. também dispensou a equipe de Mom, B Positive, Bob Hearts Abishola, Shameless e You. Essas retornarão no dia 18 de janeiro.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›