Joaquin Phoenix negocia US$ 50 milhões por Coringa 2

Joaquin Phoenix como Arthur Fleck em Coringa (Foto: Divulgação / Warner Bros.)

Coringa fez história como o filme baseado em HQs com maior número de indicações no Oscar e se tornou um fenômeno ao arrecadar mais de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, se tornando o longa para maiores mais lucrativo.

Com todo esse barulho, não é novidade que a Warner Bros. tenha interesse em dar sequência à produção. Segundo informações do jornal Daily Mirror, o estúdio planeja iniciar uma franquia. O ator Joaquin Phoenix já estaria negociando um contrato de US$ 50 milhões para atuar como Coringa em mais dois filmes.

A publicação afirma que os roteiros das duas sequências já estão em andamento e Joaquin está bastante engajado com a produção. A ideia da Warner é lançar os novos filmes do palhaço do crime em 2023 e 2025.

Após receber três indicações ao Oscar, Phoenix finalmente conseguiu a tão sonhada estatueta após dar vida ao vilão da DC Comics.

Joaquin Phoenix como Arthur Fleck em Coringa (Foto: Divulgação / Warner Bros.)

Em recente entrevista ao Los Angeles Times, o astro declarou que assinou contrato para apenas um filme, mas admitiu que após conversas com o diretor Todd Phillips, já começa a pensar na possibilidade de atuar numa continuação:

“Acho que o medo era de ficar preso e fazer algo repetitivo com o qual você não se importa, que não se motiva ou te anima. Parte de toda a atração, para mim, é que não havia expectativas. Não assinei um contrato para fazer [múltiplos filmes]. Apenas um! Na segunda ou na terceira semana de filmagens, eu estava pensando, ‘Todd, você pode começar a trabalhar numa sequência? Há muito a ser explorado.”

Coringa (2018) conta a história do palhaço Arthur Fleck, um homem cheio de conflitos psicológicos, que leva uma vida bastante conturbada. O personagem vive com sua mãe em um apartamento simples e luta pelo reconhecimento, tanto próprio (já que ele não entende o motivo da sua existência), quanto dos outros.

Além do Oscar de Melhor ator à Phoenix, o longa-metragem conquistou, também, o renomado Leão de Ouro no Festival de Veneza.

Formado em Criação e Produção Audiovisual. Frequentador assíduo das salas de cinemas e também colecionador há anos de filmes em DVD e Bluray. Atuou como produtor e editor do SBT e na redação de blogs e sites em geral. Atualmente, trabalha como redator do E-Pipoca.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›