Confira o que a crítica disse sobre o filme Monster Hunter

Rathalos no filme Monster Hunter (Reprodução / Sony)
Rathalos no filme Monster Hunter (Reprodução / Sony)

Os críticos assistiram Monster Hunter e compartilharam suas primeiras impressões sobre o longa metragem.

Monster Hunter é um filme dirigido por Paul W. S. Anderson e que adapta a famosa franquia de jogos de mesmo nome produzido pela Capcom.

Na trama um grupo de soldados acaba em um mundo dominado por perigosas e poderosas criaturas. Eles tem que se unir ao povo local para lutar contra estes monstros e encontrar um jeito de voltar para casa.

O elenco conta com Milla Jovovich, Tony Jaa, Ron Perlman, Diego Boneta, TI e Nanda Costa.

Recepção da crítica

No Rotten Tomatoes, Monster Hunter conseguiu 53% de aprovação do público.

Leia abaixo o que os críticos comentaram:

“O diálogo é exagerado, cheio de exposição e absolutamente terrível em praticamente todos os níveis imagináveis. Os personagens são tão mal desenvolvidos que precisam encontrar maneiras óbvias de indicar que não surgiram apenas no início do filme” – Liam Nolan, CBR.

“Monster Hunter tem todos os elementos que você deseja de um filme de gênero épico – um elenco decente, efeitos especiais sólidos e uma premissa selvagem – mas não consegue usá-los de maneiras emocionantes” – Victor Stiff, That Shelf.

“Para ser justo, tudo que esse filme promete desde o início são monstros e caçadores, e Anderson entrega os dois, do primeiro quadro aos créditos. Mas por muito tempo, o título genérico é combinado com a ação genérica” – Noel Murray, Los Angeles Times.

“Jovovich é o nossa última heróina de ação clássica, capaz de ir de igual para igual com os grandes dos anos 80 quando se trata de entregar um diálogo cafona com um brilho de aço” – Ignatiy Vishnevetsky, AV Club.

“Monster Hunter é um filme divertido e ruim. É como assistir a dois trens prestes a colidir nos trilhos. Você sabe o que está por vir, mas não pode desviar o olhar” – Nate Adams, The Only Critic.

“O mais recente do Anderson é exatamente o que você espera que seja, sem qualquer pretensão. Há uma tolice inerente a tudo, realçada por alguma escrita cafona. No entanto, é provável que você tenha uma explosão de qualquer maneira” – Meagan Navarro, Bloody Disgusting.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›