Para evitar mais fan service, roteiristas de Homem-Aranha fizeram sacrifício

publicidade

Homem-Aranha: Sem Volta para Casa chegou aos cinemas e vem sendo muito bem recebido pela crítica e pelo público.

O longa metragem é um viagem multiversal trazendo personagens de outros filmes do Homem-Aranha como Alfred Molina, Jamie Foxx, Willem Dafoe, bem como os heróis interpretados por Tobey Maguire e Andrew Garfield.

publicidade

Durante uma entrevista para o Discussing Film, os escritores Chris McKenna e Erik Sommers falaram sobre equilibrar as participações especiais e evitar muitos fanservices em Sem Volta para Casa. Sommers relatou:

“Com muito cuidado. Porque, quero dizer, você quer dar a todos o que é devido, e apenas como um fã, você quer ver essas pessoas como esses personagens e se divertir com eles. Mas no final do dia, é um filme do Homem-Aranha,  você tem que contar a história de Peter Parker, e tudo tem que estar a serviço disso. Então, muitas decisões dolorosas foram tomadas, você sabe, nós adoraríamos ter feito isso e aquilo e ‘Oh, isso seria ótimo se esses dois vilões pudessem fazer isso!’, mas tem que estar a serviço da jornada de Peter, e você tem que manter as coisas em movimento. Definitivamente, houve muitos do que chamamos de ‘queridinhos’ – pequenos momentos e coisas que você realmente ama – mas às vezes você tem que deixá-los ir”.

“Quero dizer, é um ato de equilíbrio porque amamos aqueles filmes anteriores, os de Sam Raimi e Marc Webb, e queremos homenageá-los e fazer os fãs felizes. Mas você não quer apenas fazer um fanservice preguiçoso para seu próprio bem, porque soará falso em algum momento. É um ato de equilíbrio e em cada ponto, novamente, você tem que pensar sobre a história. Então, se você quero muito ouvir esse vilão dizer a frase que ele disse naquele outro filme, você não pode deixar que isso te leve em termos de encontrar um momento para isso. Se você apenas procurar isso e passar todo esse tempo, você vai acabar escrevendo alguma cena que talvez nem precise estar no filme. Você apenas tem que manter o foco em contar a história de Peter Parker e, então, esperar encontrar oportunidades para esses momentos ali. Estávamos trabalhando com muitas pessoas inteligentes e talentosas, e apenas estudando esses momentos de novo e de novo, criando coisas e tentando encontrar aqueles momentos em que poderíamos incluir esse tipo de coisa de uma forma que parecesse ser orgânica. Não estávamos apenas fazendo para seu próprio bem”.

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa já está disponível nos cinemas de todo o Brasil.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›