Christopher Nolan pode pedir demissão da Warner Bros., diz jornal

Christopher Nolan
Christopher Nolan (Divulgação/ Warner Bros.)

Christopher Nolan tem quase vinte anos de casa na Warner Bros., mas parece que seus dias no estúdios estão por chegar ao fim.

Uma matéria do The Wall Street Journal relatou que o famoso diretor de Batman: O Cavaleiro das Trevas e Tenet  pode estar procurando um novo estúdio para trabalhar.

Segundo informações a saída de Nolan pode ser por conta de sua insatisfação com a Warner, que decidiu lançar seus filmes simultaneamente nos cinemas e no HBO Max.

Quando o mais tradicional estúdio de Hollywood tomou tal decisão, Nolan foi um dos primeiros a tecer críticas.

Críticas contra a Warner

Em uma entrevista feita no ano passado para o The Hollywood Reporter, Christopher Nolan disse o seguinte sobre o lançamento híbrido decidido pela Warner Bros.

“Alguns dos maiores cineastas da nossa indústria e algumas as estrelas mais importantes foram dormir no dia anterior achando que eles estavam trabalhando para o melhor estúdio de filmes, e acordaram para descobrir que estavam trabalhando para o pior serviço de streaming.

A Warner Bros. tinha uma máquina incrível para fazer com que um cineasta trabalhasse em qualquer lugar, tanto nos cinemas quando em casa, e eles estão destruindo isso conforme conversamos. Eles não entendem o que estão perdendo. Sua decisão não faz sentido econômico e mesmo o investidor mais casual de Wall Street pode ver a diferença entre um rompimento e disfunção.”

Pandemia e lançamentos no streaming

Um dos motivos da decisão da Warner Bros. de lançar seus filmes simultaneamente nos cinemas e no HBO Max veio por conta da pandemia de COVID-19 que fez com que diversos cinemas fechassem suas portas e adiassem diversas estreias.

O primeiro lançamento híbrido foi Mulher-Maravilha 1984, que foi lançado no natal de 2020.

Entre os lançamentos para este ano estão Godzilla vs Kong, Duna, Tom & Jerry: o  Filme, Mortal Kombat, Space Jam: Um Novo Legado e Invocação do Mal 3.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›