Biografia revela relação horrível de Stan Lee com a filha

 

Stan Lee
Stan Lee em participação no Homem-Aranha 3 (Reprodução / Marvel)

O famoso escritor, produtor, editor, ator e ex-presidente da Marvel Comics, Stan Lee tinha uma relação conturbado com sua filha, de acordo com a biografia escrita por Abraham Riesman.

Transcrições de vários áudios revelam constantes brigas entre o escritor e sua filha J.C. Lee.

A biografia True Believer: The Rise and Fall of Stan Lee transcreveu áudios gravados pelo ex-empresário de Stan, Keya Morgan, dando uma visão sobre a relação entre pai e filha.

Em um dos trechos transcritos, Stan diz:

“Acho que você é a mulher branca mais burra que já conheci!”

Sua filha Joan Celia Lee respondeu:

“Vai se f****, Stan”.

Em outro trecho, sua filha diz que ligou para dizer que o ama. Ele respondeu:

“Foda-se. Eu não preciso ficar chateado cada vez que ela liga.”

Já na transcrição de outro áudio, Joan grita com seu pai:

“O que você fez por sua filha?” Você bloqueou meus cartões de crédito!”

De acordo com o autor da biografia, uma das suas fontes para a biografia disse que Joan ligava dezenas de vezes por dia para os pais, e brigava com eles, por não lhe darem dinheiro.

A filha de Stan admitiu ao autor da biografia os gastos excessivos, afirmando:

“Digamos que comprei um par de sapatos ou 30 pares de sapatos. É da conta de alguém?”

Embora boa parte da biografia tratar da relação conturbada entre Stan e Joan, o autor disse que a intenção de sua obra não é ferir a imagem de Stan, e sim passar uma mensagem: “Não existem super-heróis.

Segundo a obra a relação entre Stan e Joan Celia teria sido deteriorada após a morte de sua esposa Joan Boocock Lee, em 2017. Ainda segundo a obra, Joan herdou a fortuna do pai.

Stan Lee morreu no dia 12 de novembro de 2018 e deixou um grande legado para os fãs de seus quadrinhos.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›