Ben Affleck explica como foi banido de cassino

Ben Affleck (Divulgação)

Há uns anos atrás após se separar de Jeniffer Garner, o ator e diretor Ben Affleck foi visto pelo público um tanto quanto abatido e muitos rumores surgiram sobre o uso de drogas e álcool.

Paralelo a isso, alguns portais noticiaram que o ator havia sido expulso de um cassino em Las Vegas. Recentemente o ator explicou o motivo que o baniu da mesa de um jogo.

Affleck afirmou que não era exatamente sua culpa o banimento da mesa de black jack. Ele acredita que é um problema do sistema das casas de apostas. O ator por ter muita habilidade com as cartas foi expulso do jogo, pois ganhava uma aposta atrás da outra.

Ben acha que isso diz muito sobre as casas de apostas,

“Eles disseram para eu tentar a sorte na roleta ou em outros jogos. Se você é bom em um jogo, acaba sendo expulso. Essa regra diz muito sobre os cassinos em geral.”

O que acontece é que o ator estava também aplicando uma prática que não é vista como muito justa pelos cassinos, ele estaria contando cartas.

“Eu sabia que com o black jack você poderia treinar para incrementar as suas chances.”, disse Affleck.

Em 2014 o The Hollywood Reporter erroneamente reportou que o ator teria sido expulso do The Hard Rock Cafe, o que mais tarde foi desmentido pelo ator.

Affleck recebeu muitas críticas por sua atuação como Batman em Batman vs. Superman: A Origem da Justiça, deixando muitos fãs tinham saudade das performances de Christian Bale nos filmes de Christopher Nolan (Trilogia Cavaleira das Trevas).

Com o tempo a ideia de ter o ator encarnar o bilionário mascarado foi mais aceita pelo público. Ele também atuou em Liga da Justiça (2017), e se prepara para aparecer na Liga da Justiça de Zack Snyder, versão filmada em 2017 e engavetada pela Warner Bros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›