Autora explica como criou ‘barro’, principal bordão de Meninas Malvadas

Tina Fey em Meninas Malvadas
Tina Fey em Meninas Malvadas (Divulgação)

Algumas frases ficam eternizadas em alguns filmes, e até mesmo bordões. E Meninas Malvadas foi tão forte no Brasil que seus fãs ainda se lembram de várias frases, mas uma palavra um tanto estranha presente no filme e que marcou foi ‘barro’. A autora do filme explicou de onde tirou a estranha gíria que fez parte do longa.

A palavra é dita pela personagem Gretchen (Lacey Chabert) num diálogo completamente aleatório e todos ficam sem entender o que significa ‘barro’, que segundo ela é uma gíria, como se fosse um novo adjetivo que indicasse algo bom. No original em inglês, a palavra dita pela personagem é ‘fetch’ (que em tradução livre significa ‘ir buscar’), e Tina Fey abriu o jogo sobre sua inspiração.

Meninas Malvadas
Meninas Malvadas (Divulgação)

Ela participou de um encontro online com atores do filme para comemorar seu aniversário de 16 anos e disse: “Fiz uma pesquisa. Me sentei com adolescentes da vizinha para entender algumas gírias que queria colocar no filme”, começou ela. “Mas aí comecei a pensar que tudo o que eu colocasse no roteiro naquele momento, quando o filme fosse lançado já estaria velho, então a opção era fazer alguma gíria inventada, algo falso. Fetch, era abreviação de fetching, então inventei que seria isso”, disse.

A esperteza da autora foi elogiada pelos colegas, já que é difícil, ainda mais para projetos de cinema, que geralmente acabam engavetados por anos, tentar fazer algo que acompanhe o mundo atual. Curiosamente, nas redes sociais, sobretudo no Brasil muita gente ainda repete a frase do filme que Regina (Rachel McAdams) diz para Gretchen: “Você não vai fazer o ‘barro’ acontecer”. Pois o barro aconteceu tanto que não só memes foram criados a partir disso, mas muitos produtos como camisetas, e acessórios com a palavra. Deu tão certo que a palavra ganhou um número próprio no musical de Meninas Malvadas na Broadway.

Paulo Afonso

Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.

Veja mais ›