Atriz trans de Jovens Bruxas: Nova Irmandade ficou aliviada com personagem; saiba o motivo

Lourdes (Zoey Luna) em The Craft: Legacy, a nova versão de Jovens Bruxas
Lourdes (Zoey Luna) em The Craft: Legacy, a nova versão de Jovens Bruxas (Reprodução/ Youtube)

O novo Jovens Bruxas (Jovens Bruxas: Nova Irmandade), chamado nos Estados Unidos de The Craft: Legacy chegou para o público do país na última semana, mostrando suas semelhanças e diferenças com o original de 1996.

Entre as surpresas está Lourdes, uma das bruxas protagonistas que é uma garota trans, interpretada por Zoey Luna, e ela contou como se surpreendeu com a história de sua personagem.

Em uma entrevista com o site IndieWire, a atriz disse que fez o teste para a personagem e ficou aliviada ao saber que ela era apenas uma bruxa, e que mesmo a história pincelando sobre seu gênero, isso não se tornou o foco, nem um grande drama.

“Eles fizeram isso de uma maneira tão bonita que eu estava esperando, eu acho, estúdios e filmes para resolver isso. Porque Lourdes é trans, Lourdes é latina, mas esse não é o seu arco. Não é isso que a torna diferente, necessariamente”, disse Luna.

“Eu acho que é uma abordagem perfeita no sentido de que não é um exagero e não é o arco dela”, completou ela. O público só percebe o fato de a personagem ser trans através de uma única fala.

Quando Lily, a nova aluna da escola vira alvo de chacota por ter menstruado e sujado a calça, as três meninas se dispõem a ajudá-la mesmo sem conhecê-la, e Lourdes diz que não entende como seria passar por isso.

“Espero que as pessoas trans possam começar a desempenhar mais papéis cis… mas também quero ver menos Jared Leto de perucas”, disse alfinetando o filme Clube de Compras Dallas, e tentando explicar como espera que Hollywood recebe a diversidade no futuro.

Zoey contou que o mais a incomoda quando vai fazer testes para papéis trans é que pedem para que ela fale com voz mais grave, e deixe de usar maquiagem.

“Pedem para a gente usar menos maquiagem, para ter uma voz mais grave. Isso me deixa meio desapontada porque não é assim que todas as pessoas trans são ou soam, e eu acho que isso poderia ser um pouco melhorado, com certeza”, disse ela. “As pessoas trans devem se parecer com meninos em vestidos, ou devemos ser respeitados por sermos trans?”, cutucou a morena.

Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›