Ator entrou em atrito com a Marvel e revela bastidor caótico de filme: “Me deixou louco”

Estúdio não aceitou sugestão de atores e diretor para o filme

publicidade

O ator Jeff Bridges, que interpretou o personagem Obadiah Stane no primeiro Homem de Ferro, da Marvel, revelou que a experiência com o filme foi desgastante.

Ele revelou em nova entrevista que houve alguns momentos da produção que o deixaram “completamente louco”. Isso porque ele entrou em conflito com o estúdio.

publicidade

Na verdade, Bridges explicou que ele, Jon Favreau (o diretor), e o colega Robert Downey Jr. (o Tony Stark), decidiram tomar algumas liberdades criativas com o roteiro que haviam recebido da Marvel durante seus ensaios.

Os três se desagradaram de algumas partes do roteiro original e decidiram ‘consertar’ algumas coisas por conta própria.

O problema é que, na hora das filmagens, as alterações não convenceram os executivos do estúdio que não as aceitaram e os forçaram a seguir o que estava planejado previamente.

Jeff Bridges (Obadiah Stone) e Tony Stark (Robert Downey Jr.) em Homem de Ferro (Reprodução)
publicidade

“O Jon Favreau cara, que diretor, que grande cineasta. Essa foi a primeira aventura da Marvel nos filmes. Foi muita sorte ter Jon e Downey por perto porque os dois são ótimos improvisadores”, iniciou o ator.

“Passamos algumas semanas trabalhando no roteiro e ensaiando juntos, porque não gostamos do script original e pensamos: ‘Ah sim, nós consertamos isso, consertamos aquilo…’ Daí veio o primeiro dia de filmagem e a Marvel meio que jogou fora o roteiro em que estávamos trabalhando e disse: ‘Não, isso não é bom. Tem que ser isso e aquilo’”, explicou ele.

publicidade

A partir daí, foi uma confusão atrás da outra. O ator disse que todos ficaram perdidos sobre o que fariam e tiveram que repassar todo o texto outra vez.

“Houve muita confusão sobre qual era o nosso roteiro e o que iríamos dizer, sabe? Passávamos horas em um de nossos trailers repassando as falas e dizendo: ‘Ah, você faz o meu papel ou eu faço o seu’; estávamos explorando como faríamos isso. Jon dizia: ‘Ah, eu conheço um roteirista. Deixe-me ver se ele pode ter algumas ideias…'”, continuou ele.

“Enquanto isso, a equipe estava no estúdio de som, batendo os pés e dizendo: ‘Quando é que vamos gravar?’ E isso me deixou absolutamente louco.”

publicidade

Logo depois disso, ele explicou que precisou fazer uma pausa, tentar relaxar e encontrar uma forma de fazer o trabalho de maneira mais tranquila.

Foi então que ele disse que teve “fazer um pequeno ajuste no cérebro”. “Esse ajuste foi: ‘Jeff, apenas relaxe. Você está fazendo um filme estudantil de US$ 200 milhões. Apenas relaxe e divirta-se.”

Tony Stark (Robert Downey Jr.) em Homem de Ferro (Reprodução / Marvel)
Tony Stark (Robert Downey Jr.) em Homem de Ferro (Reprodução / Marvel)
publicidade

“Isso meio que funcionou porque daí atuei com esses dois artistas incríveis e apenas curti; e foi isso que acabamos fazendo.”

Por fim, ele afirmou:

“Acho que esse é o melhor filme da Marvel. Sei que sou tendencioso, é claro. Mas cara, eu achei que foi uma experiência maravilhosa”.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›