Como astro de Supernatural ajudou atores de nova série?

Segundo atores, o produtor foi muito prestativo desde o primeiro momento da gravação do piloto

publicidade

Os protagonistas de The Winchesters, nova série derivada de Supernatural, só têm elogios para o produtor executivo da atração, Jensen Ackles.

Jensen protagonizou a série original como Dean Winchester ao lado de Jared Padalecki, e agora está por trás das câmeras da nova série, além de servir como o narrador.

publicidade

Drake Rodger (The In Between, Not Alone) e Meg Donnelly (Bela, Recatada e do Lar, High School Musical: A Série: O Musical) foram divulgados como as novas versões de John e Mary Winchester há cerca de três meses. Eles serão a terceira versão dos pais de Dean e Sam.

As versões anteriores, retratadas em Supernatural, foram interpretadas por Matt Cohen (South of Nowhere, Cowgirl Up) e Amy Gumenick (Arrow, Bird Box) nas versões jovens do casal e Jeffrey Dean Morgan (Watchmen: O Filme, The Walking Dead) e Samantha Smith (9-1-1, Con Man) interpretaram os dois como adultos.

Em bate-papo com o TV Line, Drake só tinha elogios para fazer para Jensen, que segundo ele era uma presença constante nos sets de filmagens desde o começo. O produtor deu várias dicas para os dois e contou detalhes sobre a mitologia da série:

“Ele estava nos sets todo santo dia desde o inicio do piloto, simplesmente sendo incrivelmente colaborativo, nos contando sobre o universo, coisas que a gente poderia não saber ainda. Então foram insights muito bons de verdade.”

Série não quer ‘estragar’ mitologia, mas irá apresentar coisas de maneira diferente

publicidade
Amy Gumenick e Matt Cohen como Mary Winchester e John Winchester na 4ª temporada de Supernatural (Reprodução)

A recepção à nova série não tem sido lá das mais positivas. Muitos dos fãs de Supernatural alegam que voltar e recontar a história de John e Mary causará mais problemas do que coisas positivas para o universo das séries, e que o resultado será um bando de furos no roteiro.

publicidade

Em entrevista para a revista Variety, Jensen explicou que a produção estava bem atenta a isso e não queria mudar nada, mas o caminho entre as informações já conhecidas seria feito de maneira inesperada:

“Essa é uma ótima pergunta, e é uma pergunta que eu mesmo tenho me feito nos últimos dois anos, desde que minha esposa e eu tivemos a ideia. […] Pensamos: ‘Você sabe o que ia ser muito legal? Se voltássemos no tempo e pudéssemos ver de verdade a história da mãe e do pai e como eles se conheceram. Só que fazer de uma maneira que foge da narrativa para que chegássemos naqueles pontos que estabelecemos em Supernatural mas te leva do ponto A ao B, B ao C e C ao D de uma forma que não é esperada’.”

Por enquanto, ainda não há notícias sobre datas de estreia do programa. Até lá, Supernatural está disponível no HBO Max.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›