Após grande repercussão diretor faz alerta sobre o filme Megan Is Missing

Michael Goi (Divulgação)
Michael Goi (Divulgação)

Megan Is Missing é um dos filmes de terror psicológicos mais polêmicos. Lançado em 2011 e dirigido por Michael Goi, o filme em formato found-footage mostra como duas garotas se tornaram vítimas de um predador sexual após conhece-los na internet. A produção inclusive chegou a ser banida da Nova Zelândia.

Quase uma década depois, muitas pessoas estão descobrindo Megan Is Missing e compartilhando suas reações no Tik Tok. As reações em sua maioria dizem o quanto o filme é perturbador e o quanto estão traumatizados por algumas cenas.

Por conta da repercussão na rede social, o diretor do filme Michael Goi publicou um vídeo comentando sobre como o público está reagindo a seu filme e também deixando um aviso para quem planeja assistir.

No vídeo Goi disse: “Olá meus amigos do TikTok, aqui é Michael Goi, o roteirista e diretor de Megan Is Missing, e eu recebi uma ligação de Amber Perkins, a protagonista do meu filme, dizendo que estava explodindo no TikTok. Eu não tive a oportunidade de dar o alerta que eu geralmente dava para as pessoas antes de assistirem Megan Is Missing, que é: não veja no meio da noite, não veja sozinho, e se você vir as palavras ‘Foto número 1’ aparecendo na sua tela, você tem aproximadamente quatro segundos para parar o filme se você já estiver assustado, antes de começar a ver coisas que muitos de vocês não querem ver. Então, eu peço desculpas aos que viram, e estão postando sobre como o filme os aterrorizou, e deixo o aviso aos que ainda estão considerando ver”.

Você pode conferir o vídeo na íntegra clicando aqui.

O elenco de Megan Is Missing conta com Rachel Quinn, Amber Perkins, Dean Waite, Jael Elizabeth Steinmeyer e Kara Wang. No IMDb, o longa metragem alcançou a nota 4,7 / 10, enquanto no Rotten Tomatoes conseguiu 35 % de aprovação do público.