Amy Schumer recebe ameaças de morte após apresentar Oscar

publicidade

Amy Schumer, uma das apresentadoras do Oscar 2022 ficou incrédula ao receber ameaças de morte (que ainda estão acontecendo) após a atração.

Tudo começou com um piada que ela fez envolvendo Jesse Plemons e Kirsten Dunst. Ao chegar no local em que o casal estava sentado, ela brincou que tinha muita gente ali que era só “preenchedora de cadeira”, apontando para diversas pessoas.

publicidade

Ela chegou perto de Kirsten e pediu que ela se levantasse já que estava sem função só preenchendo uma cadeira. A atriz se levantou e Jesse disse: “Você sabe que essa é a minha mulher né?”. A situação pegou mal nas redes sociais.

Schumer explicou aos fãs chateados no dia seguinte ao Oscar que a piada estava coreografada, e que Kirsten estava de acordo com a brincadeira. “Eu aprecio o amor por Kirsten Dunst. Eu também a amo! Não desrespeitaria aquela rainha assim.”

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Ameaças de morte e polícia na cola

publicidade

Agora, durante o programa The Howard Stern Show que foi ao ar nesta quarta-feira (13), Schumer disse que estava chateada porque as ameaças de morte que passou a receber estão fora de controle.

“Foi uma coisa tão ruim que o Serviço Secreto me procurou para falar sobre isso. Eu fiquei meio: ‘Acho que você ligou para o número errado. Aqui é a Amy, não Will”, brincou ela.

publicidade

Schumer disse ainda que o Departamento de Polícia de Los Angeles também estava em contato com ela sobre as ameaças que ela enfrentou pela piada de Kirsten Dunst. “A misoginia é inacreditável.”

Schumer não apenas teve a bênção de Dunst para fazer a piada antes do Oscar, mas também garantiu que todos os seus alvos de piada fossem avisados ​​com antecedência.

A humorista disse que chegou a falar pessoalmente com Leonardo DiCaprio sobre a piada envolvendo ele namorar apenas mulheres mais jovens. “Vá em frente”, o astro de Não Olhe para Cima teria dito, segundo a comediante.

Amy apresentou o Oscar a três

publicidade

Stern também perguntou se ela se sentiu insultada por não ter sido convidada para apresentar o Oscar sozinha, vendo o quão bem-sucedida ela é e quanto poder ela tem de improviso:

“Vou ser 100% honesta: foi totalmente emocionante para mim apresentar com elas, e eu não queria apresentar sozinha”, ela respondeu, mas deixando claro que os produtores “não me ofereceram” como um show solo.

“Foi muito divertido trabalhar com elas e fazer isso. Eu me sentiria confortável fazendo isso sozinha. Mas eu me diverti muito com as duas. Eu simplesmente os amo. Regina, eu pensei que ela é tão engraçada por tanto tempo. Wanda é minha boa amiga, ela é matadora. Mas eu entendi o que você está dizendo. Obrigado”.

publicidade

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›