Amber Heard não desiste e pede anulação de julgamento

Os advogados da atriz garantem que existia uma fraude entre os jurados.

publicidade

Amber Heard recorreu sobre a decisão do juri, que declarou por unanimidade a inocência de Johnny Depp. Apesar de ambos serem considerados culpados por difamação pelo tribunal, a multa estipulada para a atriz, foi bem maior que a do ex.

Sobre as acusações de violência, ela foi punida a pagar US$ 10,35 milhões, enquanto que o astro de Piratas do Caribe, precisou desembolsar US$ 2 milhões.

publicidade

A equipe responsável por representar a intérprete de Mera em Aquaman, afirma que os documentos do ex-marido, não foram suficientes para a sentença. Eles também acusam o ator de ter uma pessoa ilegal entre os jurados.

De acordo com eles, o astro ‘’procedeu apenas em uma difamação por teoria de implicação, abandonando quaisquer alegações de que as declarações da Sra. Heard eram realmente falsas’’.

Já em relação aos questionamentos sobre o integrante suspeito no júri, os documentos apontam que ele era uma fraude. O ‘’jurado 15’’, como foi intitulado, teria usado documentos falsos, já que a data de nascimento que consta em seus documentos é de 1945 e ele não teria a idade correspondente.

‘’Ele obviamente nasceu após 1945. Informações públicas mostram que ele teria nascido em 1970’’, menciona um trecho do documento.

Johnny Depp em tribunal
Johnny Depp no tribunal (Reprodução/ YouTube)

Equipe de Depp também se pronunciou

publicidade

Ben Chew, que foi um dos advogados que representou o ator nos tribunais, rebateu a notícia dizendo que esse comportamento não é nenhuma surpresa para a equipe, e reforçou que é só mais uma tentativa frustrada de Amber.

‘’Era esperado, apenas mais longo, sem fundamentos’’, declarou.

publicidade

Assim que o resultado saiu, Depp se manifestou nas redes sociais e disse que finalmente poderia ter o descanso merecido, agora que a justiça foi feita.

‘’Desde o início, o objetivo de trazer este caso era revelar a verdade, independentemente do resultado. Falar a verdade era algo que eu devia aos meus filhos e a todos aqueles que permaneceram firmes em meu apoio. Sinto-me em paz sabendo que finalmente consegui isso’’, publicou.

Amber também se posicionou sobre a decisão, e disse que isso poderia afetar outras mulheres que viveram algum tipo de violência doméstica.

publicidade

‘’Estou ainda mais desapontada com o que esse veredicto significa para outras mulheres. Atrasa a ideia de que a violência contra as mulheres deve ser levada a sério’’, escreveu.

Os dois se enfrentaram na justiça depois que a atriz insinuou, em uma matéria para o The Washington Post, que havia sido agredida no período em que os dois estiveram casados.

A acusação, que não citou o nome do ator, teria custado alguns papéis importantes em Hollywood.

publicidade

Sobre o pedido de anulação, Depp não quis se pronunciar.

Amber Heard e Johnny Depp (Divulgação)
Amber Heard e Johnny Depp (Reprodução/Twitter)

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›