Acampamento Jurássico: Diretor diz que animação é parte importante da franquia Jurassic World

Cena de Jurassic World: Acampamento Jurássico (Reprodução / DreamWorks)
Cena de Jurassic World: Acampamento Jurássico (Reprodução / DreamWorks)

ATENÇÃO! A MATÉRIA A SEGUIR CONTÉM SPOILERS!

A segunda temporada de Jurassic Word: Acampamento Jurássico estreou no fim de semana.

Para aqueles que já assistiram à segunda temporada Acampamento Jurássico definitivamente tem muito mais histórias guardadas, o que aparentemente terá um impacto profundo na saga Jurassic maior.

Em uma recente entrevista para o Comic Book, Colin Trevorrow, o produtor produtor executivo de Acampamento Jurássico e diretor de Jurassic World e Jurassic World: Dominion, falou sobre o mais novo lote de episódios.

Como Trevorrow colocou, o enredo completo de Acampamento Jurássico dará a oportunidade de se tornar uma verdadeira “tangente” da franquia geral, a par dos filmes.

“O que é empolgante é que este show tem uma oportunidade para, eu acho, mais do que pode parecer neste momento. O trabalho que os roteiristas fizeram e como planejamos até onde isso pode chegar … quando pudermos contar a história que queremos contar, ela realmente se tornará uma tangente por si só”.

Ele acrescentou:

“Esses personagens vão embarcar em uma aventura que será tão diferente de tudo que qualquer um dos personagens dos filmes já experimentou. Acho que só vai ganhar valor à medida que avança, se formos capazes de continuar contando a história”.

A 2ª temporada começou a sugerir o que isso poderia acarretar, à medida que os adolescentes (que ainda estão abandonados na ilha) começaram a descobrir detalhes ligados ao Experimento E750. Isso, combinado com a ameaça crescente da Mantah Corp, que colocou as crianças contra algumas ameaças formidáveis.

Trevorrow continuou:

“Há uma história maior sendo contada. No final da segunda temporada, você pode ver que essas crianças estão descobrindo um mistério e uma conspiração que vai realmente mandá-los para um mundo muito mais perigoso do que eles jamais imaginaram.”

Ele ainda disse sobre o que mais gostou do final da segunda temporada.

“Mas o que eu amo na segunda temporada é como mesmo no fim, quando eles percebem que é possível que outras pessoas cheguem aqui, é quase muito mais doloroso para eles que ainda estejam presos. O que eu amo no final é que eles assumem isso. Não vou mais esperar que ninguém os ajude. É um bando de crianças que vão se unir, não apenas para sobreviver, mas para encontrar proativamente uma maneira de se resgatar.”

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações, filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›