A Voz Suprema do Blues arranca elogios da crítica

A Voz Suprema do Blues (Divulgação / Netflix)
A Voz Suprema do Blues (Divulgação / Netflix)

A Voz Suprema do Blues (Ma Rainey’s Black Bottom, no original) estreia nesta semana na Netflix. Os críticos já tiveram acesso ao filme já compartilharam suas primeiras impressões.

O longa metragem segue a vida de Gertrude Malissa Nix Pridgett Rainey, uma das primeiras mulheres negras a se tornar uma cantora profissional de blues, a história também lida com discussões de raça e sociedade. A direção é de George C. Wolfe e roteiro de Ruben Santiago-Hudson. O elenco conta com Viola Davis interpretando a cantora Rainey, enquanto Chadwick Boseman interpreta o trompetista Levee. O elenco se completa com Glynn Turman, Colman Domingo e Michael Potts.

Recepção da crítica

No Rotten Tomatoes, a Voz Suprema do Blues conseguiu 100% de aprovação da crítica. Leia abaixo alguns comentários sobre o filme.

“Chadwick Boseman mapeia meticulosamente o colapso de um homem que descobre, dentro das miragens da escuridão da década de 1920, que a perseguição e a fuga, a fuga e a corrida estão inextricavelmente interligadas” – Dan Rubins, Slant Magazine.

“Boseman e Davis oferecem performances tão incendiárias que, se as tivessem feito no palco, teriam incendiado a casa” – Dwight Brown, National Newspaper Publishers Association.

“Desde o início [o carisma de Chadwick Boseman] é hipnótico … mas o conflito da história o oprime, e a transformação emocional é impressionante” – Eric Eisenberg, CinemaBlend.

“Ma Rainey – como qualquer artista experiente – não fica além do que é bem-vindo, nem arrisca esticar a premissa além de seu peso. Em vez disso, graças aos seus protagonistas, ele canta alguns momentos de showstopping, antes de fazer aquela última e merecida chamada ao palco” – Brian Lowry, CNN.com.

“A razão para ir a este filme são as performances titânicas de seus protagonistas: Davis e, em sua performance final, o falecido Chadwick Boseman” – Karen Han, Slate.

“Embora possa parecer um pouco pequeno às vezes, não há nada pequeno sobre as incríveis performances de atuação neste filme” – EJ Moreno, Flickering Myth.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›