A Filha Perdida

publicidade

Intenso e com uma história que surpreende o público em diversos momentos, A Filha Perdida teve sua indicação merecida ao Oscar 2022. A proposta da direção de Maggie Gyllenhaal sobre o universo feminino é extremamente interessante e merece ser vista. O longa está concorrendo em apenas três categorias na premiação e elas são:

Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Roteiro Adaptado.

publicidade

Na produção, o público pode ver Leda (Olivia Colman), uma mulher que está desfrutando de suas férias à beira-mar e quer apenas descansar. Porém, algumas pessoas chegam para atrapalhar um pouco esse momento de sossego que ela está tendo no local.

É aí que ela conhece uma jovem mãe que está hospedada em um local próximo. A família da moça está quase inteira no local e sua obsessão pela jovem acaba destravando memórias dolorosas. Por conta disso, a professora universitária perde todo o controle na paradisíaca praia na costa grega.

Longe de tudo, ela acaba prejudicada por conta das pessoas que estão no local, principalmente porque acreditava que não teria bagunça por ali. Muitas questões começam a ser discutidas de uma maneira bastante séria, principalmente a maternidade e a vida familiar.

A personagem vive momento de estar no limite das situações e esconde um lado bastante dramático. O espectador se envolve completamente com sua história e a cada revelação, a trama fica ainda mais interessante.

publicidade

O elenco ainda conta com Dakota Johnson, Jessie Buckley, Ed Harris, Dagmara Dominczyk, Oliver Jackson-Cohen, Ellie James e outros.

Curiosidades:

Muitos se perguntaram se a história é verdadeira, mas A Filha Perdida é baseado no romance de mesmo nome da autora Elena Ferrante. Esse é um pseudônimo usado pela escritora, que por sinal nunca foi vista, mesmo já sendo nomeada como uma das 100 pessoas mais influentes pela revista Time em 2016.

publicidade

Essa também é a estreia de Maggie Gyllenhaal como diretora. Ela adquiriu os direitos em 2018, quando ganhou permissão para adaptar a obra. Ela também realizou algumas mudanças na história, se distanciando em algumas partes do livro.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›