4 curiosidades de A Maldição da Mansão Bly que você não sabia

A Maldição da Mansão Bly
A Maldição da Mansão Bly (Divulgação/ Netflix)

A Maldição da Mansão Bly é um dos maiores lançamentos do streaming do ano de 2020 e foi bastante assistida pelos fãs da Netflix. Há alguns fatos sobre os bastidores do filme, porém, que muita gente não sabe. Veja:

Os Fantasmas de Fundo

O terror é conhecido por causar sustos no público, principalmente quando coloca o fantasma ou qualquer outra entidade ou vilão no centro da tela de maneira inesperada e aumentando a intensidade da trilha sonora

A Maldição da Mansão Bly, entretanto seguiu uma ideia diferente para assustar seu público fazendo adições sutis que acabam criando uma atmosfera mais perturbadora para quem tem o olhar mais atento.

Se você prestar atenção em algumas cenas, verá que há alguns fantasmas assustadores ao fundo escondidos em fotos ou atrás de objetos.

Conexões com A Maldição de Hill House

Embora as duas séries não estejam diretamente conectadas, já que contam histórias independentes, há vários momentos em que seu criador faz algumas ligações sutis entre as duas tramas, principalmente em elementos como a trilha sonora e algumas das falas dos personagens.

Isso sem falar na temática principal que envolve famílias habitando casas mal assombradas por fantasmas que viveram lá no passado.

Cena de The Haunting of Bly Manor: Reprodução

Influências de Stephen King

Sem dúvida, um dos maiores escritores do mundo do terror atualmente é Stephen King. O autor americano criou algumas das histórias mais aterrorizantes dos últimos cem anos, que já gerou inúmeros filmes.

Por isso, não é surpresa nenhuma que A Maldição da Mansão Bly tenha incluído referências sutis ao autor em seu enredo, como, por exemplo, o quarto 217 que Dani ficou no início, fazendo uma referência direta a The Shining, obra de King.

O romance

Já no começo existe um detalhe sutil que muitas pessoas tendem a se esquecer ao mergulhar na história fantasmagórica da casa.

A narradora afirma que essa não é só uma história de fantasmas, mas também uma história de amor, ou seja, o show é, na verdade, um romance.

De longe, o elemento mais atraente da série foi a incrível história de amor que se desenvolveu entre Jamie e Dani.

No entanto, o final da série seria agridoce, com Dani se sacrificando para evitar que A Dama do Lago assumisse o controle de seu corpo e matasse Jamie.

O personagem de Oliver Jackson-Cohen seria o interesse amoroso de Dani

Os atores Oliver Jackson-Cohen e Victoria Pedretti, que interpretam Peter Quint e Dani, estiveram envolvidos na produção de A Maldição da Mansão Hill, juntamente com o diretor Mike Flanagan, e voltaram para A Maldição da Mansão Bly.

No entanto, as coisas quase teriam sido bem diferentes na história, já que, originalmente, o diretor queria que Dani e Peter Quint fossem um casal na história.

Ele mudou de ideia, pois os dois atores haviam interpretado irmãos gêmeos na temporada anterior, e ele pensou que o público poderia achar a relação um pouco estranha na segunda temporada.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. Atuo como redator especializado em assuntos da cultura pop como filmes, séries de TV e streaming, animes e variedades relacionadas.

Veja mais ›