Após acusação contra Liga da Justiça, Zack Snyder relembra verdadeiro motivo da campanha: o suicídio de sua filha

Diretor respondeu ao relatório divulgado pela Warner

publicidade

O diretor Zack Snyder respondeu às alegações que surgiram na internet de que a campanha para o lançamento de sua versão de Liga da Justiça teria recebido o suporte de bots e contas falsas.

Depois do movimento, que ficou conhecido como #ReleaseTheSnyderCut, o lançamento do filme aconteceu e foi um sucesso.

publicidade

“Como artista, foi gratificante finalmente ver minha visão ser realizada depois de um momento tão difícil na minha vida e que ela fosse tão bem recebida. ‎Sou grato tanto à comunidade de fãs quanto à Warner Bros. por permitir que isso acontecesse. Pensar em negatividade e rumores não serve a ninguém.”, disparou.

Liga da Justiça de Zack Snyder
Liga da Justiça de Zack Snyder (Divulgação/ HBO Max)

Ele também aproveitou o momento para agradecer pelas doações do fandom, conhecido como Snyder Army, que ajudou as instituições de prevenção ao suicídio.

“Se esse é realmente um artigo equilibrado, espero que todo o bom trabalho que os fãs fizeram esteja sendo representado”‎, finalizou ele.

publicidade

Vale lembrar que a hashtag citada acima foi muito utilizada nas mídias sociais em 2019, com milhares de tweets por dia a fim de pressionar a Warner Bros. a lançar o filme.

Em março de 2021, a produção chegou à HBO Max, e a hashtag #RestoreTheSnyderVerse começou a bombar pedindo por mais filmes do diretor, alcançando a marca de mais de um milhão de tweets em um único dia.

publicidade

Um executivo de marketing digital ouvido pela Rolling Stone afirmou que o fenômeno foi bastante comentado em Hollywood, pois, segundo ele “não se vê algo assim organicamente” e chegou a deixar nas entrelinhas que a situação foi armada.

Um relatório da WarnerMedia afirmou que pelo menos 13% das contas que faziam parte da campanha eram realmente falsas.

Superman (Henry Cavill) em Zack Snyder’s Justice League (Reprodução / HBO Max)
publicidade

A reportagem também afirmou que essas contas estavam envolvidas em vários aspectos da campanha que estavam divulgando conteúdo nocivo e negativo sobre a própria WarnerMedia.

“Depois de pesquisar conversas online sobre o Snyder Cut do lançamento de Liga da Justiça, especificamente as hashtags ‘ReleaseTheSnyderCut’ e ‘RestoreTheSnyderVerse’ no Facebook, Twitter e Instagram, [os analistas] detectaram um aumento na atividade negativa criada por autores reais e falsos”, diz o relatório.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›