Wesley Snipes afirma que novo Blade da Marvel não precisa ser +18

Ator brincou que hoje em dia adolescentes falam mais palavrões que adultos

publicidade

A Marvel Studios está se preparando para filmar uma nova versão de Blade, e Wesley Snipes, ator que viveu o personagem em uma série de filmes nos anos 2000 abriu o jogo e explicou por que o anti-herói não precisa necessariamente estar em um filme proibido para menores de 18 anos.

Desde que os super-heróis tomaram conta da indústria do cinema, tem sido grande a tentativa de fazer com que personagens baseados em quadrinhos sejam enxergados pelo grande público como algo feito para adultos também e não só para crianças, assim surgiram filmes com classificação voltada para adultos.

publicidade

Alguns exemplos são Deadpool, Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, e Coringa, que foi o primeiro filme voltado para maiores de 18 a conquistar mais de 1 bilhão de dólares em bilheteria.

“Acho que esse tipo de história se presta a uma ampla gama de diálogos e situações. Tanto adulto quanto adulto jovem”, falou Snipes ao site Comic Book.

Wesley Snipes como Blade (Divulgação)
Wesley Snipes como Blade (Divulgação)

Vale lembrar que os filmes protagonizados por ele na pele do personagem Eric Brooks também ganhou uma alta classificação indicativa devido às cenas de violências e linguajar inapropriado.

publicidade

 “Não sei, parece que classificação para maiores de 18, e a classificação para maiores de 14 é a mesma coisa. Porque veja bem, esses meninos de 13 anos falam palavrões mais e melhor que os adultos”.

Wesley Snipes acredita que o novo filme protagonizado por Mahershala Ali vai conquistar o público e não vai cometer erros desde que siga o material de origem dos quadrinhos.

publicidade

“Desde que seja verdadeiro e orgânico para o assunto, o enredo e o mundo que é criado. Se há consistência, acho que está tudo bem [ser voltado para menores].”

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›