Veja quais são as 3 piores maldades de Ivar, o Desossado em Vikings

Vikings: Reprodução

Vikings teve um fim devastador com a morte de personagens favoritos dos fãs. Ivar, o Desossado, que era um psicopata implacável e cometeu crimes hediondos, também teve sua morte da maneira mais inesperada.

Abaixo contamos as piores coisas que Ivar fez em toda a série:

1. Ele matou o próprio irmão com um machado

Como um adolescente sofrendo com sua deficiência e seu constante sofrimento físico e psicológico, Ivar matou seu irmão mais velho Sigurd, depois que ele zombou do fato de que ninguém o amava, com exceção de sua mãe.

Bastante magoado pelo abuso psicológico do qual foi vítima, Ivar lançou um machado em seu irmão mais velho, apunhalando-o no abdômen e o matando.

2. Torturou o padre inglês

Durante o ataque dos vikings à igreja britânica e depois de massacrar os fiéis, Ivar decidiu torturar o padre para que o religioso abraçasse a fé nórdica.

No primeiro episódio da quinta temporada, Ivar solicitou o derretimento das cruzes de ouro e então abriu a boca do sacerdote e introduziu o ouro líquido pela sua garganta. Depois disso, ele arrastou o corpo do homem pela lama, amarrado a um cavalo assustado.

3. Queimou viva a namorada do irmão

Também na quinta temporada, Ivar queimou Thora, a namorada de seu irmão Hvitserk.

Durante a ausência de seu irmão em Kattegat, o Desossado aproveitou o momento para assassinar os habitantes que resistiram. Ele simplesmente  queimou Thora e o resto de sua família, que morreu nas chamas.

4. Abandona o próprio filho na floresta

No dia em que sua esposa, Freydis, dá à luz um bebê, Ivar fica horrorizado ao descobrir que o filho deles também tem uma deficiência como ele.

Completamente desesperado com a ideia de que o menino levaria uma vida de sofrimento igual à que ele tem, o Desossado simplesmente o abandona na floresta.

O bebê morre de frio e depois é despedaçado por raposas.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›